10 mar

Empreendedorismo se aprende na escola

O curso de Administração da FEI incluiu em sua grade curricular as disciplinas de Empreendedorismo I e II, com o objetivo de formar profissionais com capacidade empreendedora, tanto para criar suas próprias inovações e montar empresas quanto para desenvolver novos negócios e produtos para a corporação na qual trabalham. “Competitividade exige inovação, criação de novos produtos, gestão de projetos e de ideias”, resume o professor e coordenador dos cursos de graduação e mestrado em Administração da FEI – campus São Paulo, Edmilson Alves de Moraes.

O aprendizado durante o curso, aliado à capacidade empreendedora, levou dois ex-alunos de Administração da FEI a criar a Isto é Brasil Marketing e Comunicação,  empresa de marketing, propaganda, eventos e comunicação voltada às questões do País. Formados em 2007, os sócios Maurílio Santos e Leandro Marcel Tomás de Souza tiveram a ideia de criar a empresa ainda durante o curso, quando começara a participar de associações de empreendedores, como o Comitê de Jovens Empreendedores da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

“Nosso objetivo é desenvolver estratégias de marketing e comunicação voltadas ao povo brasileiro, respeitando as diferenças regionais e as culturas locais”, explica Maurílio Santos. Os sócios também têm dificuldade para administrar custos e resultados, especialmente por atuarem com prestação de serviços. Maurílio conta que, muitas vezes, perde competitividade ao participar de concorrências por ter de trabalhar com mão de obra contratada para executar determinados projetos, mas o fato de ter uma empresa enxuta, com poucas despesas fixas, ajuda na manutenção do fluxo de caixa e na gestão de custos e resultados. “Tivemos de aprender a fazer custo para viabilizar nossas ideias para os clientes”, diz.

Comentário fechado

Curta nossa página no Facebook

Twitter