29 jan

Fenômenos da Lua – 31 de janeiro de 2018

Professor da FEI explica cada um dos eventos.

Foto 1

Você já ouviu falar em Superlua, Lua Azul e Eclipse Lunar?

Nesta quarta-feira, 31 de janeiro, os fãs de Astronomia presenciaram esses três fenômenos acontecendo ao mesmo tempo. Mas, a principal dúvida é: o que significa cada um deles?

Para entendermos melhor sobre esse assunto que atrai a atenção de muitas pessoas, conversamos com o professor do curso de Astronomia da FEI, Cássio Barbosa, que explicou todos os detalhes. Confira no vídeo abaixo:

AO VIVO – Esses fenômenos foram acompanhados pelo mundo todo, ao vivo na internet, através deste link: https://goo.gl/F7MHzw

No Brasil, a Superlua teve início às 18h54 no Rio de Janeiro, 19h09 em São Paulo.

Para você que ama Astronomia e tem interesse no saber, o Centro Universitário FEI oferece um curso de Extensão, destinado a todos os públicos, com atividades teóricas e práticas de observação do espaço, utilizando instrumentos específicos. Acesse o site e fique por dentro, as inscrições para as turmas de 2018 abrirão em breve.

Conheça mais sobre o curso:

11 jan

Cinco filmes para assistir nas suas férias

Post

O tempo livre nas férias é uma boa oportunidade para colocar filmes e séries em dia. Para quem gosta de cinema, o Blog da FEI separou cinco filmes muito interessantes que trazem noções de engenharia, liderança, trabalho em grupo, negócios e empreendedorismo. Todos estes filmes estão disponíveis no catálogo da Netflix. Confira as dicas:

Gênio Indomável

Em Boston, um jovem de 20 anos que já teve algumas passagens pela polícia e é faxineiro do MIT, revela-se um gênio da matemática ao resolver um desafio quase impossível lançado por um professor da universidade aos seus alunos.

genio-indomavel-matt-damon

De Volta para o Futuro

Um clássico que traz interessantes conceitos de física, espaço e tempo. O filme conta a história do adolescente Marty McFly, que é transportado para a década de 1950 quando a experiência do excêntrico cientista Doc Brown dá errada. Lá, ele conhece as versões jovens de seus pais e precisa fazer com que eles se apaixonem, caso contrário, ele deixará de existir. O filme, na verdade, é uma trilogia à qual uma das viagens traz o jovem para 21 de outubro de 2015.

Dev volta para o futuro

Piratas do Vale do Silício

A história de dois gigantes: como Bill Gates e Steve Jobs, co-fundadores da Microsoft e da Apple, respectivamente, mudaram a forma das pessoas se comunicarem através das duas maiores empresas de informática do mundo.

piratas

Walt antes de Mickey.

Este filme retrata os primeiros anos da carreira do desenhista que criou o personagem mais famoso do mundo: Mickey Mouse. Veja os obstáculos, desafios e superação enfrentados pelo então jovem Walt, responsável por simplesmente fazer o mundo todo acreditar que sonhos podem virar realidade. Para quem pensa em empreender, esse filme é uma ótima pedida!

Walt

O Jogo da Imitação

Interpretado por Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), este filme consta a história real de Alan Turing, cientista britânico que, secretamente, foi responsável por criar uma máquina para decifrar importantes códigos durante a 2ª Guerra Mundial. Inclusive, estudiosos apontam que esse foi o motivo da queda de grandes líderes da época, como por exemplo, Adolf Hitler. Se você ama história e tecnologia de época, esse filme traz essas duas combinações.

jogo

Dicas anotadas? Então, prepare a pipoca e boa sessão ?

14 dez

Cursinho FEI leva oportunidades a jovens do Ensino Médio

Em meados de 2014, um grupo de professores e alunos da FEI se reuniram para dar aulas de reforço a estudantes do Ensino Médio. Aulas de português e matemática eram ministradas semanalmente e, conforme foi passando o tempo, foram se expandido para outras disciplinas, como física, química, história e inglês.

Após um ano de trabalho, o projeto começou a crescer e ganhar um novo direcionamento: proporcionar aos estudantes a oportunidade de obter bons resultados no Vestibular. Nascia, então, o Cursinho FEI.

cursinho 1

Em 2017 foram cerca de 100 inscritos no processo seletivo, para 60 vagas disponíveis. Este número surpreendeu os professores, que seguem animados com a ampliação do programa. Atualmente, além do conteúdo em sala de aula, há diversas atividades extracurriculares no ramo cultural, social e ambiental.

“Além disso, o Cursinho FEI tem também um outro papel: permitir que os nossos alunos (graduandos da FEI) deem sua contribuição para um mundo melhor, para um mundo mais justo e mais humano. ”, completa o Professor Dr. Roberto Baginski, um dos participantes do Cursinho.

No último dia 6 de dezembro, quarta-feira, uma cerimônia foi realizada no campus São Bernardo do Campo, onde cada aluno ganhou um certificado de formatura, dando um passo a mais rumo à vida universitária.

Cursinho 2

“O Cursinho FEI me ajudou muito esse ano, porque aqui eu criei amizades e aprendi a ter maturidade para conseguir passar no vestibular e aprender o fundamental. ”, comenta Bruno Zanchetta, aluno do Cursinho FEI aprovado no Vestibular para jornalismo.

Conheça mais sobre o Cursinho FEI no vídeo abaixo:

Para ficar por dentro do projeto, acesse a Fan Page deles clicando aqui.

Até o próximo post 😉

01 dez

Aluno de Engenharia Civil da FEI ganha intercâmbio no Programa Fórmula Santander

Fazer um intercâmbio é o sonho de muitos universitários. Os benefícios pessoais e culturais de passar meses estudando em outro país estão diretamente conectados com a potencialização curricular, aumentando assim a empregabilidade. O resultado de viajar o mundo é uma mente mais conhecedora e dinâmica.

O Centro Universitário FEI tem realizado diversas parcerias que proporcionam aos seus alunos a oportunidade de cursar um semestre (dependendo do caso, até mais) em universidades fora do País. É o caso do Programa Fórmula Santander, organizado pela Santander Universidades, que possui a FEI como uma das 53 instituições de ensino cadastradas.

3

Gustavo Magalhães Terceto, aluno de Engenharia Civil FEI

O objetivo é oferecer 100 bolsas de estudos internacionais para alunos da graduação e pós-graduação. Os candidatos devem se cadastrar a partir de um edital previamente divulgado pela instituição onde estuda, seguindo os critérios de avaliação do Programa.

Em sua 8ª edição, realizada em 10 de novembro de 2017, um dos vencedores foi Gustavo Magalhães Tercete, aluno do 8º ciclo de Engenharia Civil na FEI. O valor da Bolsa? Aproximadamente 5 mil euros para cobrir custos com transporte, hospedagem e alimentação, além de poder escolher entre as 1,2 mil instituições conveniadas ao Programa em 20 diferentes países.

A entrega do prêmio aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde os participantes também puderam conferir o treino livre do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1.

1

O Blog da FEI conversou com o aluno, Gustavo Tercete, sobre toda a premiação e expectativa. Confira:

Como você recebeu a notícia que foi um dos vencedores do Programa Fórmula Santander?

Foi uma notícia muito inesperada devido à grande concorrência para a vaga. Foi uma alegria imensa saber que essa oportunidade surgiu para mim.

Você passará 6 meses estudando fora do País. Já tem o destino definido?

Ainda não, mas estou planejando ir para a Universidad de Alicante, na Espanha. 

Conte-nos um pouco sobre as expectativas de aprendizado neste intercâmbio.

Eu espero aprender muito conhecendo uma cultura diferente! Viver essa experiência ao máximo e aproveitar cada momento.

Na sua opinião, qual a importância da FEI em apoiar esse tipo de iniciativa? O que você mais toma como aprendizado sendo aluno da Instituição?

A FEI tem me apoiado desde o início da faculdade com oportunidades de projetos e pesquisas. Esse apoio foi fundamental, pois pude me dedicar aos estudos de forma integral, o que me propiciou um excelente desempenho acadêmico. Existe uma grande importância nas relações que a FEI estabelece com estes programas de intercâmbio, pois, apesar de ser poucas as oportunidades, ainda atinge alunos de baixa renda que não teriam condições de realizar uma viagem deste porte. 

Qual dica você daria para um aluno que sonha com um intercâmbio estudantil?

Eu diria para ele que se empenhar na faculdade sempre vale a pena. Nós devemos estar preparados para quando a oportunidade aparecer. E nunca perder a esperança, pois novas chances sempre aparecem para aqueles que se preparam. 

1382-2276-formula-santander-_-becas-2017--i-hate-flash__20171123194604445_B07A

O Centro Universitário FEI parabeniza o aluno Gustavo Tercete, pela conquista, e deseja que esse intercâmbio seja extremamente enriquecedor.

Acesse este post e saiba mais sobre os Projetos de Intercâmbio da FEI

Até a próxima 😉

25 out

Uma dose de café e muito conhecimento, por favor ;)

cafe-quimica2-linkedin

Na última segunda-feira, 23 de outubro, uma manhã muito agradável e cheia de conhecimento marcou mais uma edição do Café com a Engenharia Química, onde alunos e professores da FEI receberam a palestrante Maria Cristina Nascimento, presidente da ABEQ – Associação Brasileira de Engenharia Química.

O objetivo desse encontro foi promover aos alunos um diálogo com o mercado de trabalho, sobretudo o papel do Engenheiro Químico no desenvolvimento de processos e produtos na indústria. A convidada, Maria Cristina, trouxe duas apresentações com diversos exemplos práticos sobre o tema, abrindo espaço para perguntas de todos os tipos.

usar blog 3

 Maria Cristina Nascimento

Presidente da ABEQ – Associação Brasileira de Engenharia Química

Os questionamentos mais comuns entre os estudantes foram sobre conquistar um emprego e como ser inovador para atender as demandas exigentes em um Engenheiro Químico. Apesar de ser uma área exata, Cristina afirma que é preciso ser inovador e criativo.

“O profissional que vai trabalhar em inovação tem que ser curioso, tem que querer entender melhor, saber melhor. Esse é o perfil. É um profissional que busca alternativas, que não se prende em estudar somente aquilo que lhe foi demandado. Ele também precisa conhecer além do espaço dele, como que o trabalho vai impactar os outros, além da flexibilidade e boa relação interpessoal”, comentou a palestrante.

0X9A0671

Segundo Cristina, as grandes empresas têm apostado muito em perfis jovens em suas equipes, justamente pela inovação das ideias, mas ao mesmo tempo, como um ponto de equilíbrio, sempre haverá dois ou três engenheiros mais experientes.

Essas palestras funcionam como uma janela para o amplo (e concorrido) mercado de trabalho. Mais que isso, os alunos percebem o valor de poderem conversar com profissionais expressivos sobre a área que estudam, como forma de influência nas decisões futuras sobre carreira.

A aluna do 7º ciclo de Engenharia Química, Caroline Alfredo da Silva, comenta: “Ajudou muito a ter uma noção de como funciona na prática, não só para mim, mas principalmente para o pessoal novo da Engenharia Química. Acho que a faculdade permite ter uma visão muito técnica de como o Engenheiro Químico trabalha, então eu acho primordial esse tipo de conversa, poder ter esse bate papo informal, a liberdade de saber como é o dia a dia e se é isso o que queremos para as nossas vidas”.

usar blog 2

O encontro terminou com diversas fotos para recordação, uma visita de Maria Cristina aos laboratórios de Engenharia Química da FEI e uma certeza: compartilhar conhecimento é sempre válido, melhor ainda quando acompanhado de um bom café!

Realize o Novo com a FEI! As inscrições para o Vestibular 2018 estão abertas.

Clique aqui e se inscreva

Vestibular

Top posts

Curta nossa página no Facebook

Twitter