Tese de docente da FEI é contemplada com o Programa Observatório Itaú Cultural de Pesquisa em Economia da Cultura 2017 Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_10081" align="alignleft" width="200"] Prof. Dr. Luiz Ojima Sakuda – Administração-SP[/caption] A tese "Plataformas como novo tipo de gov [caption id="attachment_10081" align="alignleft" width="200"] Prof. Dr. Luiz Ojima Sakuda – Administração-SP[/caption] A tese "Plataformas como novo tipo de gov Rating: 0

Tese de docente da FEI é contemplada com o Programa Observatório Itaú Cultural de Pesquisa em Economia da Cultura 2017

Prof. Dr. Luiz Ojima Sakuda – Administração-SP

A tese “Plataformas como novo tipo de governança de cadeias globais de valor: estudo na indústria de jogos digitais”, de autoria do Prof. Dr. Luiz Ojima Sakuda – Administração-SP – defendida na POLI/USP, foi uma das quatro contempladas da carteira “Pesquisas Concluídas” do Programa Observatório Itaú Cultural de Pesquisa em Economia da Cultura 2017.

O trabalho desenvolvido pelo professor, que propõe um novo tipo de governança centrado na indústria de jogos digitais, em contraposição a outros movimentos disruptivos contemporâneos, como a chamada “uberização” (o nome, inspirado no aplicativo de transporte privado Uber, faz referência à disseminação de esquemas de economia compartilhada similares, que ligam oferta e demanda de maneira facilitada).

Segundo o Prof. Sakuda, os estudos sobre a indústria de jogos digitais são importantes porque antecipam as transformações nas outras indústrias, por conta da sua característica de ser uma indústria criativa e digital simultaneamente. “Acredito que este reconhecimento também ilustra que a pesquisa sobre jogos digitais está conseguindo espaço no campo da Economia da Cultura e da pesquisa em geral”, ressalta.

O Programa Observatório Itaú é dedicado à graduação, pós-graduação e pesquisadores ligados a universidades e centros de pesquisa, que tem entre seus objetivos promover a formação e o desenvolvimento dos profissionais e pesquisadores atuantes nas instituições acadêmicas e culturais brasileiras ou em instituições acadêmicas e culturais internacionais que tenham como objeto de pesquisa a cultura brasileira. “Mais que uma conquista pessoal, é uma conquista do nosso corpo docente, por isso faço questão de dividir esse reconhecimento com toda a FEI”, celebrou o professor.

InfoFEI - Informativo do Centro Universitário FEI