Convênios e Parcerias Reviewed by Momizat on . Um dos objetivos do Centro Universitário é sempre estar em sintonia com a Indústria e o universo corporativo, e um dos caminhos que Instituição tem utilizado pa Um dos objetivos do Centro Universitário é sempre estar em sintonia com a Indústria e o universo corporativo, e um dos caminhos que Instituição tem utilizado pa Rating: 0

Convênios e Parcerias

Um dos objetivos do Centro Universitário é sempre estar em sintonia com a Indústria e o universo corporativo, e um dos caminhos que Instituição tem utilizado para cumprir este objetivo são as parcerias. Em 2017, o convênio firmado com Coteminas, para a elaboração de projetos que envolverá o estudo dos ganhos de incorporação de nanopartículas de metais nobres em tecidos, e a criação de um “DNA” para tecidos e de sistemas de rastreabilidade foi uma das parcerias que, junto a outros convênios firmados, beneficiarão alunos dos cursos de graduação e pós-graduação na área da pesquisas e inovação. Confira!


Brasil e Comunidade Europeia pesquisarão juntos biocombustíveis avançados

O Centro Universitário FEI, por meio do Programa de Pós-graduação em Engenharia Química,  será uma das instituições brasileira que integrarão um grupo de pesquisa para o desenvolvimento de biocombustíveis avançados, o projeto BioValue, que tem como um dos objetivos da proposta o desenvolvimento de novos sistemas agrícolas considerando a diversificação de culturas e resíduos lignocelulósicos para a produção de biocombustíveis. O projeto BioValue, proposto pelo consórcio brasileiro, está alinhado ao consórcio parceiro europeu – BECOOL, com 14 instituições envolvidas, beneficiando-se assim das sinergias e complementaridades, do know how e das experiências do Brasil e da Europa a respeito de biomassa e da produção de biocombustíveis lignocelulósico.


FEI e CIESP-SBC assinam convênio que aproxima a academia das empresas

O Centro Universitário FEI e o CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, assinaram um convênio que tem por objetivo aproximar as empresas da academia. Entre as ações que fazem parte do convênio, estão: promover programas de cursos, palestras, seminários, workshop em suas instalações; ofertar aos estudantes oportunidades de estágios nas indústrias; promover intercâmbio de visita técnica monitorada dos serviços da universidade para micro, pequenas, médias e grandes indústrias e a visita de estudantes e professores nas empresas, entre outras.


FEI desenvolverá projeto de IoT com instituições da Europa

O Centro Universitário FEI firmou uma parceria com instituições nacionais e europeias em um projeto que tem como objetivo desenvolver tecnologia para o setor agrícola, usando como base a Internet das Coisas, e que será testado no Brasil e na Europa. O projeto será realizado em conjunto com as instituições UFABC, UFPE, Embrapa, Levertech e CISB no Brasil, destaque para a VTT e a Universidade de Bologna, na Europa. O presidente da Telefônica Vivo no Brasil, Eduardo Navarro, visitou em setembro para falar sobre essa parceria e conferir de perto os projetos e pesquisas desenvolvidos no laboratório de IoT.


FEI assina convênio com a Coteminas

O Centro Universitário FEI é a Coteminas, assinaram, no início de outubro, um convênio para a elaboração de projetos que envolverá o estudo dos ganhos de incorporação de nanopartículas de metais nobres em tecidos, e a criação de um “DNA” para tecidos e de sistemas de rastreabilidade. O primeiro projeto deverá versar sobre um “smart pillow” ou “Travesseiro inteligente”. O projeto se encontra em fase de definição de escopo e de custos, e envolverá os departamento de Ciência da Computação, de Engenharia Elétrica e de Engenharia Têxtil, além do Laboratório de Internet das Coisas.


Alunos do ensino médio fazem iniciação científica júnior na FEI

Alunos do ensino médio técnico da Escola Técnica Estadual (ETEC) Lauro Gomes, de São Bernardo do Campo, estão conferindo de perto a rotina universitária e a metodologia de pesquisa. Isso porque o Centro Universitário FEI oferece agora o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica no Ensino Médio (PIBIC-EM), também conhecido como “Iniciação Científica Júnior”. O programa concede bolsas a alunos do ensino médio para que desenvolvam projetos de pesquisa que serão orientados por professores da FEI. A ideia é introduzir os estudantes na metodologia aplicada a projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação desenvolvidos no ambiente universitário.

InfoFEI - Informativo do Centro Universitário FEI