01 Sep

FEI é referência em workshop da Indústria 4.0

3

No último dia 22 de agosto, em São Caetano do Sul, um workshop sobre a Indústria 4.0, chamado Tipping Point Talks, foi realizado pela empresa SPI, fornecedora de projetos voltados a aumento da produtividade e tecnologia.

A discussão teve como propósito provocar a reflexão entre profissionais, como engenheiros e técnicos, sobre as inovações da 4ª Revolução Industrial e seus principais desafios.

2

Entre os palestrantes deste workshop, grandes nomes de indústrias e montadoras, como a General Motors e Siemens, estava o Professor Dr. Fábio do Prado, Reitor do Centro Universitário FEI, como único representante da classe acadêmica. O objetivo da palestra do Reitor foi apresentar o plano de inovação da FEI e como a Instituição está preparando os profissionais, que em poucos anos, entrarão no mercado de trabalho repleto de mudanças.

Assista no vídeo abaixo o depoimento do Reitor, sobre a importância da FEI em participar de um evento como este:

23 Aug

Debate sobre inovação no IPEI Infoco

Mais uma edição do IPEI Infoco, realizada no campus São Bernardo do Campo da FEI, promoveu a alunos e convidados um debate sobre inovação no mercado de trabalho.

1 ipei

Em 16 de agosto aconteceu o IPEI Infoco, fórum que reúne alunos, professores e convidados da Instituição, em um debate sobre inovação para o mercado de trabalho. Desta vez, o palestrante foi Weber Porto, ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik, empresa química alemã reconhecida como uma das mais inovadoras do mundo.

Weber abriu sua palestra comentando, com muito bom humor, dos seus tempos de aluno na Instituição. Formado em Engenharia Química na turma de 1981, lembrou de alguns episódios com professores e comentou sobre antigos laboratórios, onde hoje está parte dos restaurantes da área de conveniência da FEI.

2 ipei

Weber Porto – Ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik

Em meio a esse divertido discurso, Weber já começou com algumas dicas sobre a importância da FEI na formação dos profissionais.

“Na realidade a gente sai bastante preparado para a vida real. Isso que é bastante importe, porque a realidade lá fora é difícil, onde a qualificação dos profissionais não deve ser somente do conhecimento, mas é preciso pensar, raciocinar e inovar”

Falando de inovação, o engenheiro FEIano trouxe exemplos e mostrou um pouco da rotina da empresa onde, na América do Sul e Central, atua como presidente. Para Weber, ser inovador começa com detalhes pequenos, como, por exemplo, um agradável ambiente de trabalho e muita dedicação ao cenário atual em que a empresa/profissional vive. É preciso ser ousado, mas ao mesmo tempo, ter consciência dos passos e decisões a serem tomados por todos na organização.

Confira mais dicas com o próprio Weber Porto, no vídeo abaixo:

Até o próximo post 😉

 

21 Aug

Vantagens do Programa de Iniciação

Confira neste texto as vantagens em participar de um Programa de Iniciação. 

1

Vivemos hoje em um cenário que, cada vez mais, exige conhecimento de um estudante universitário. Entretanto, essa demanda nem sempre pode ser atendida apenas com o conteúdo lecionado em sala de aula. É preciso buscar o saber a partir de perguntas. O estudante que assume o papel de questionador e busca solucionar problemas, tem vantagens que podem servir para o seu crescimento, pessoal e profissional, destacando-se no mercado de trabalho.

Para isso, participar de um Programa de Iniciação é uma das melhores maneiras de manter o conhecimento em constante mudança, sempre em alta.

Ao participar do projeto, o aluno desenvolverá uma pesquisa sobre algum tema, relacionado ao seu curso, orientado por professores, mestres e doutores. Uma chance ímpar de trocar experiências.

Listamos aqui 3 grandes vantagens que todo aluno tem, ao ingressar em um Programa de Iniciação. Confira

– Aumento da Empregabilidade

Diferente do que muita gente pensa (ou associa), participar de um Programa de Iniciação durante a faculdade não significa seguir somente a carreira acadêmica. As empresas e seus recrutadores valorizam quem participa desses projetos, uma vez que é necessário ser responsável, ter um olhar crítico e propor soluções de problemas.

– Networking e troca de conhecimento

Imagine que você, ainda no primeiro ano da graduação, já tem em mãos um projeto de estudo no qual precisará o tempo todo estar em contato com professores e alunos da graduação, pós-graduação e, indo além, mestrado e doutorado. Essa é mais uma rica vantagem em participar do Programa de Iniciação, onde o networking profissional vem de forma natural, assim como o conhecimento.

– Apoio para o curso de graduação

Todo o resultado que você obtém com seu projeto de pesquisa, durante a Iniciação, pode ser utilizado de diversas formas. Uma delas é durante o seu próprio curso de graduação, por exemplo: no TCC – Trabalho de Conclusão de Curso. Os dados obtidos, respostas e conclusões sobre determinados assuntos, podem servir de embasamento para o seu projeto no fim do curso, enriquecendo novamente para o seu currículo, voltando ao primeiro item que listamos aqui. Incrível, não é mesmo? Vantagens do conhecimento.

2

No próximo dia 23 de agosto, no campus São Bernardo do Campo da FEI, haverá uma palestra apresentando os Programas de Iniciação da Instituição. Participe e venha evoluir seus conhecimentos!

1

10 Aug

Dia do Estudante: você sabe a origem desta data?

Em 11 de agosto é comemorado em nosso país o Dia do Estudante. O Blog da FEI traz neste texto qual a origem dessa data. Pronto (a) para um pouco de história? Boa leitura!

Estudantes 2

No dia 11 de agosto se comemora, no Brasil, o Dia do Estudante. É também nesta data que se comemora o Dia do Advogado. Coisas distintas, certo? O porquê de ambos serem homenageados no mesmo dia tem uma relação em comum: a origem.

Para você entender essa ligação, precisaremos voltar na história do nosso País, mais precisamente no ano de 1827, época do recém-instituído Império Brasileiro.

O Imperador da época, Dom Pedro I, autorizou em 11 de agosto a criação das duas primeiras faculdades de Direito do Brasil, sendo: a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco, e a Faculdade de Direito do Largo do São Francisco, em São Paulo. Por esse motivo, comemora-se o Dia do Advogado nesta data, 11 de agosto.

Estudantes 1

Em 1927, uma comemoração celebrava o centenário da criação dessas duas faculdades. Nos festejos estava presente um advogado chamado Celso Gand Lay, que sugeriu aos demais participantes que, neste mesmo dia, fosse também celebrado o Dia do Estudante. A razão pela qual Celso deu essa sugestão foi por que mais que o início das faculdades de Direito, o dia 11 de agosto de 1827 foi um marco importante para a história da educação no Brasil.

Nascia, então, em 11 de agosto de 1927, o Dia do Estudante.

Estudantes 3

O Blog da FEI parabeniza a todos os estudantes do País, sejam de escolas, faculdades, cursos livres e, claro, alunos do Centro Universitário FEI, pelo dia 11 de agosto.

A persistência e esforço são grandes chaves para o sucesso. Não desistam!

Até o próximo post 😉

01 Aug

Biblioteca Pe. Aldemar Moreira S.J. – História e Curiosidades

“Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever – inclusive a sua própria história” – Bill Gates

3

Você alguma vez já se perguntou como seria o mundo sem livros? Difícil imaginar, não é mesmo? Eles são responsáveis por registrar histórias, estórias também; fatos do passado que moldaram a sociedade, contos e aventuras que saíram (e saem constantemente) da cabeça de escritores pelo mundo todo. Além disso, sábios do passado e presente registram em livros seus conhecimentos acadêmicos para servir de referência às novas gerações. Resumindo, livro é vida, literalmente.

Falando em história, hoje o Blog da FEI traz para vocês alguns detalhes e curiosidades da Biblioteca Pe. Aldemar Moreira S.J., do Centro Universitário FEI, à disposição de todos os alunos, funcionários e ex-alunos da Instituição, nos campi São Paulo e São Bernardo do Campo.

1

A biblioteca foi instalada em 29 de março de 1946, mas só começou a funcionar em 11 de dezembro de 1950. Seu nome é uma homenagem ao Padre Aldemar Moreira, que por anos foi presidente da Instituição, promovendo grandes mudanças e realizações.

Seu acervo é composto por mais de 30 mil itens, entre livros, revistas, periódicos e multimeios, com uma ampla variedade de temas que vão ao encontro das necessidades acadêmicas dos alunos e público de interesse. O público pode consultar, reservar e administrar as locações pelo aplicativo da Biblioteca

2

Indo além do silêncio, corredores e prateleiras cheias de livros, a biblioteca incentiva a troca de conhecimento e cultura promovendo eventos no local, como Feira da Troca de Livros, onde participantes podem doar um livro e escolher outro de seu interesse. Para outubro de 2017, a Exposição Fotografia e Poesias promete reunir trabalhos diversos de alunos, funcionários, professores e terceiros do Centro Universitário FEI.

E claro, você acompanhará como será este evento por aqui, no Blog da FEI!

Até o próximo post 😉

Curta nossa página no Facebook

Twitter