27 Aug

Alunos da FEI criam projeto que conecta aparelhos eletrodomésticos ao smartphone

Você acorda, pega o seu smartphone e, ainda na cama, programa a cafeteira para preparar o expresso. Ao chegar à cozinha, o café já está pronto. Isso não é um sonho, com a implementação da Internet das Coisas (Internet of Things –  loT) muitos eletrodomésticos poderão ser controlados por aplicativos de celular.

O uso dessa tecnologia já está sendo colocada em prática: um grupo de alunos de Engenharia Elétrica, do Centro Universitário da FEI, acoplou um microcomputador a uma cafeteira, e criou um aplicativo que permite acioná-la pela internet. Os alunos agora buscam patrocínio para envolver outros eletrodomésticos. “Nós conectamos o microcomputador BeagleBone Black a uma cafeteira para permitir que o aparelho tenha acesso à internet. Depois criamos um aplicativo e, através dele, conseguimos enviar comandos à cafeteira”, explica o estudante Erwin William Heisler, integrante do grupo, que ainda tem como idealizadores os alunos Agnaldo Rodrigues de Carvalho e Álick Ceglys Buscariolli.

Inova FEI-46

Os mecanismos do equipamento poderão ser acionados automaticamente através de comandos enviados por um celular conectado à internet.

Por esse aplicativo, o usuário poderá comandar, e até agendar, o funcionamento dos itens de sua casa, como programar a cafeteira e a torradeira para preparar o café da manhã, acionar a máquina de lavar roupa ou aumentar a potência de uma geladeira. Segundo o aluno, a distância não é problema: basta o celular e o aparelho terem acesso à internet.

Os alunos têm a intenção de criar um aplicativo que unificará todos os aparelhos domésticos de uma casa. O projeto foi apresentado em junho, no InovaFEI, exposição que reúne trabalhos de conclusão de curso dos alunos da FEI.

A Internet das Coisas é uma revolução tecnológica que permite ligar objetos e aparelhos do dia a dia à internet com o objetivo de otimizar o cotidiano da sociedade para inúmeras possibilidades. A ideia é que cada vez mais haverá a capacidade de interagir e se conectar com o mundo digital. Acreditando nessa evolução, o Centro Universitário da FEI apoia projetos como este e oferece uma infraestrutura para que os estudantes tenham contato com a área e possam usufruir da oportunidade de criar ideias e gerar inovações.

Curta nossa página no Facebook

Twitter