20 fev

Recepção de Calouros 2018

                     Novos alunos da FEI são recepcionados em evento especial

Desafio 4

O início de semestre no Centro Universitário FEI é marcado pela tradicional Recepção de Calouros, evento destinado à integração dos novos alunos antes do início efetivo das aulas.

Promover este encontro é fundamental não só para os calouros conhecerem professores e as dependências da Instituição, mas também apresenta o leque de possiblidades que eles têm à disposição além da sala de aula, como por exemplo: o complexo de esportes, a biblioteca com seu grande acervo de livros e publicações, laboratórios e infraestrutura presentes no dia a dia dos cursos. “O nosso objetivo é aproximar os nossos ingressantes para que eles, na maior velocidade possível e no menor tempo, consigam se valer do muito que a FEI tem a oferecer”, explica o Vice-Reitor da FEI, professor doutor Marcelo Pavanello.

desafio 2

Em um campus com aproximadamente 243m², apresentar todo o espaço em apenas uma tarde é uma tarefa difícil, porém, é através de uma gincana interativa que os estudantes realizam o tour se divertindo, aprendendo e conhecendo. Após a abertura e apresentação dos professores de cada curso, equipes são formadas e distribuídas pelo campus, realizando atividades desenvolvidas por cada departamento do Centro Universitário FEI. Enquanto uma equipe se une para desvendar a construção de uma peça do veículo Fórmula FEI, no Laboratório de Mecânica, outra se diverte para descobrir as mimicas dos colegas que trazem elementos da tabela periódica, no Laboratório de Química, ou quais os tipos de tecidos no Laboratório de Malharia, da Engenharia Têxtil. Prova realizada é ponto conquistado. As equipes que terminarem todas os desafios em menos tempo, ganham brindes ao final do evento.

Desafio 3

“Foi bem legal, a gente teve um espaço grande para conhecer o campus e interagir com outros alunos. Eu conheci algumas pessoas do meu curso, que vão estudar comigo e eu já enturmei bastante”, relata Ruy Henrique de Oliveira, calouro de Engenharia.

Uma preocupação comum entre os ingressantes é referente ao trote. E na FEI, a regra é sempre clara: o trote dentro do campus é expressamente proibido. Como forma de reforçar essa ideia, uma ação é realizada e chamada de Trote Solidário, no qual os calouros devem trazer 1kg de alimento para doar na entrada do evento. Toda a arrecadação é revertida às instituições carentes e parcerias à FEI.

Para muitos alunos este início de semestre marca um grande passo e início de um sonho: estudar em uma das melhores instituições de ensino do País. Iago Busque, calouro de Engenharia, conheceu o Centro Universitário FEI durante o evento FEI Portas Abertas, realizado anualmente em maio e que foi fundamental para sua tomada de decisão. “Eu visitei a FEI no Portas Abertas para conhecer e gostei bastante. Por isso agora eu fiz a prova e me matriculei para fazer parte da FEI”, comenta o calouro.

Já para o corpo docente da FEI, este novo ciclo é ainda mais importante e desafiador, pois as primeiras mudanças da Plataforma de Inovação serão aplicadas a esta turma de ingressantes. Para isso, todos os professores foram capacitados e orientados, conforme mostramos na Semana da Qualidade.

Assista a reportagem produzida no vídeo abaixo e veja mais da Recepção de Calouros:

Para conferir todas as fotos do evento, clique aqui.

Até o próximo post 😉

23 out

Megatendências para 2050 no Congresso de Inovação FEI

Evento realizado na FEI reuniu grande líderes da indústria para debates sobre o futuro.

Congresso 2

Cada vez mais o Centro Universitário FEI se preocupa em levar seus estudantes, especialmente os recém-chegados à Instituição, para o mercado de trabalho. Mais que isso, é importante que a capacitação a esses jovens seja qualificada e moldada de acordo com as mudanças da nossa sociedade, sobretudo as tendências de futuro.

Mas, como saber o que será tendência dentro de alguns anos? A resposta para esse desafio não é fácil. Pensando nisso a FEI promoveu a 2ª edição do Congresso de Inovação, entre os dias 9 e 11 de outubro. O evento, criado em 2016, tem como proposta discutir as megatendências para 2050 e, segundo elas, como um estudante FEIano deve se preparar para o mercado de trabalho.

cong 4

Para reforçar a importância do Congresso e aumentar a consistência do conteúdo trabalhado durante o encontro, os palestrantes convidados têm currículos de extrema importância na indústria, sendo em sua maioria presidentes, vice-presidentes, líderes do governo e academia, todos reunidos no campus São Bernardo do Campo da FEI, em contato direto com os alunos. Alguns painéis foram moderados por jornalistas influentes, como por exemplo, Carlos Tramontina, apresentador da TV Globo.

cong tramontina

O tema da edição 2017 foi “A Cidade e o Campo Inteligentes para uma melhor qualidade de vida”. Os palestrantes trouxeram importantes estudos que mostram, por exemplo, como as cidades estarão em 2050 e quais as tendências de comportamento, demanda e necessidades que precisarão de solução rápida dos profissionais do futuro, que hoje ocupam as salas de aula da FEI. A atividade no campo também foi discutida, pois a indústria agropecuária tem crescido cada vez mais, tornando inevitável uma integração com a cidade. Juntos, cidade e campo, para aonde tudo caminhará nas próximas décadas? Essa foi mais uma das inúmeras perguntas que passaram pelo palco do Congresso, abrindo um diálogo enriquecedor para todos.

No vídeo abaixo, o vice-presidente da Bayer do Brasil, Christian Lohbauer, comenta sobre as oportunidades de crescimento no agronegócio. Confira:

O Congresso de Inovação foi transmitido ao vivo na internet, durante os três dias. Dessa forma, toda a comunidade externa à FEI, incluindo ex-alunos, parceiros e público em geral, pôde acompanhar os debates e, também, fazer perguntas ao vivo através do Grupo Oficial no Facebook. Em breve os vídeos estarão disponíveis no site do Congresso.

Ao término do evento, um importante detalhe foi adicionado aos participantes: todos saíram com muito mais perguntas do que respostas. Esse é o objetivo do Congresso de Inovação FEI, provocar os estudantes e profissionais ao questionamento para que a busca pelo conhecimento seja constante, a evolução uma consequência. Quem questiona, evolui. A 3ª edição do Congresso de Inovação FEI, para 2018, já está confirmada!

cong 2

Realize o Novo! Inscreva-se no Vestibular FEI 2018 – CLIQUE AQUI.

19 set

Arrecadação de Livros na FEI

livro

Os benefícios da leitura, como já tratamos neste post aqui, são inúmeros. Mais que isso, é muito importante que todos os leitores incentivem este hábito de diversas formas.

Durante o mês de setembro, o Cursinho FEI, projeto formado por alunos e professores da Instituição, que visa apoiar estudantes do 3º ano do ensino médio nos exames vestibulares, promoveu uma arrecadação de livros envolvendo professores, alunos e funcionários do Centro Universitário FEI.

leitura 2

A campanha incentiva a doação de livros para que sejam encaminhados à outras pessoas, de acordo com cada tema. Todos gêneros foram aceitos, desde livros técnicos, de disciplinas específicas, até livros de ficção e romances em geral. O importante, sempre, é apoiar a leitura. Uma sábia escolha!

O Blog da FEI parabeniza a ação realizada pelo Cursinho FEI e apoia este movimento a favor da leitura.

Até o próximo post 😀

08 set

Começa neste 8 de setembro o mais importante fórum sobre formação e profissão de Engenheiro

Com o tema central “Aprendizagem Ativa: Engenheiros Colaborativos para um Mundo Competitivo”, a 43ª edição do Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia acontece este ano no ABC paulista, na Universidade Federal do ABC, de 8 a 11 de setembro próximo.

Estão confirmados três conferencistas internacionais e quatro visitas técnicas a empresas líderes, além de minicursos, Feira Tecnológica e apresentações de dezenas de trabalhos em sessões técnicas e pôsteres. Entre os trabalhos apresentados encontram-se os desenvolvidos por dez professores do Centro Universitário da FEI, além da apresentação do Professor Kurt Aman, chefe do Departamento de Engenharia Civil da FEI, no painel Fórum de dirigentes 4.

No dia da abertura, 8 de setembro, a programação prevê 4 Fóruns de Dirigentes e 4 Fóruns de Estudantes reunidos em debate sobre os currículos dos cursos de Engenharia presenciais e a distância (EAD). Já no dia 10 as sessões plenárias da manhã colocarão no centro das discussões o “Ensino de Engenharia e as Necessidades do Mercado”.  Na sexta-feira, 11 de setembro, estão previstos 8 minicursos gratuitos aos participantes, com temas como “Educação Ambiental a Partir de Oficina de Reciclagem”, “Seis Sigma, o Método Mais Eficaz para Solução de Problemas” e “Introdução a Geodésia e aos Sistemas de Posicionamento/Navegação por Satélites”.

cobengeO tema central “Aprendizagem Ativa: Engenheiros colaborativos para um mundo competitivo”, busca atender à demanda por um engenheiro mais bem preparado para lidar com as necessidades do mundo atual. A Aprendizagem Ativa, o Ensino Baseado em Problemas e o Ensino Baseado em Projetos extrapolam a atividade intelectual, estando vinculados às estratégias práticas desenvolvidas pelo mercado.

O Cobenge é considerado o mais importante fórum de discussão sobre formação e exercício profissional em Engenharia no Brasil, realizado anualmente desde 1973 pela Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge). A FEI é uma das cinco escolas de Engenharia da região que organizaram a edição 2015.

02 set

As cinco dicas do Profº Kurt Amann para um bom desempenho no Concurso Travessia

 

O Concurso Travessia desafia alunos de ensino médio a construir uma ponte em arco, usando palitos de sorvete, cola, clipes e barbante. Confira as dicas do Chefe do Departamento de Engenharia Civil da FEI, Professor Kurt Amann, para a competição:

Dica 1) TEMPO. A montagem da ponte é o ponto crucial do concurso e o tempo é bastante restrito. Levando isso em conta o segredo do sucesso é organizar bem a equipe e a divisão de tarefas, planejar e ensaiar a montagem para medir o tempo necessário e, se for o caso, simplificar o projeto onde for possível sem perder a qualidade da proposta final;

Dica 2) EQUIPAMENTO. Se levar equipamentos para corte ou aceleração da cura da cola, adiante-se: verifique a voltagem e potência e tenha um plano B caso algo dê errado. Lembre-se que as equipes podem se ajudar e o seu equipamento pode ser emprestado para outros competidores.

 

Concurso Travessia 2014-47

 

Dica 3) REGULAMENTO. Todos os integrantes da equipe devem estudar cuidadosamente o regulamento. Discutam sobre ele, enviem suas dúvidas à página do concurso e formulem ideias. Muitas informações não estão detalhadas no site, mas são a chave para a criatividade ser usada na solução dos problemas.

Dica 4) PESQUISA. Estudem sobre estruturas semelhantes às da ponte e seu comportamento quando carregadas, aprendam a fazer cálculos para prever a forma de ruptura, montem pequenos modelos para estudo antes do modelo maior, verifiquem os pontos fracos com testes de carga e resolvam um a um e anotem todas as tentativas para analisar os erros anteriores e não os cometer novamente. A melhor estrutura é aquela cujo projetista é capaz de prever o que vai acontecer em cada situação distinta de carregamento.

Concurso Travessia 2014-886

 

Dica 5) DIVERSÃO. Divirtam-se em todo esse processo e façam muitas amizades durante o concurso. Nem sempre o resultado final sai como o planejado, portanto o relacionamento com as pessoas deve ser o ponto mais valorizado em todo esse processo, pois é ele, mesmo em meio a uma competição, que dá sentido a tudo que vivenciamos.

Curta nossa página no Facebook

Twitter