23 Aug

Debate sobre inovação no IPEI Infoco

Mais uma edição do IPEI Infoco, realizada no campus São Bernardo do Campo da FEI, promoveu a alunos e convidados um debate sobre inovação no mercado de trabalho.

1 ipei

Em 16 de agosto aconteceu o IPEI Infoco, fórum que reúne alunos, professores e convidados da Instituição, em um debate sobre inovação para o mercado de trabalho. Desta vez, o palestrante foi Weber Porto, ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik, empresa química alemã reconhecida como uma das mais inovadoras do mundo.

Weber abriu sua palestra comentando, com muito bom humor, dos seus tempos de aluno na Instituição. Formado em Engenharia Química na turma de 1981, lembrou de alguns episódios com professores e comentou sobre antigos laboratórios, onde hoje está parte dos restaurantes da área de conveniência da FEI.

2 ipei

Weber Porto – Ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik

Em meio a esse divertido discurso, Weber já começou com algumas dicas sobre a importância da FEI na formação dos profissionais.

“Na realidade a gente sai bastante preparado para a vida real. Isso que é bastante importe, porque a realidade lá fora é difícil, onde a qualificação dos profissionais não deve ser somente do conhecimento, mas é preciso pensar, raciocinar e inovar”

Falando de inovação, o engenheiro FEIano trouxe exemplos e mostrou um pouco da rotina da empresa onde, na América do Sul e Central, atua como presidente. Para Weber, ser inovador começa com detalhes pequenos, como, por exemplo, um agradável ambiente de trabalho e muita dedicação ao cenário atual em que a empresa/profissional vive. É preciso ser ousado, mas ao mesmo tempo, ter consciência dos passos e decisões a serem tomados por todos na organização.

Confira mais dicas com o próprio Weber Porto, no vídeo abaixo:

Até o próximo post 😉

 

08 Aug

Recepção de Calouros – 2º semestre de 2017

Os novos alunos do Centro Universitário FEI foram muito bem recepcionados com o Desafio dos Calouros: uma tarde cheia de atividades e apresentações da Instituição, para esta nova fase na vida dos estudantes.

1

Ingressar em uma faculdade é, sem dúvida, um dos momentos mais marcantes na vida de todo estudante. É colocar os pés na fase adulta, cheia de responsabilidades e desafios, mesmo ainda muito jovem. É construir sonhos de uma carreira longeva, sólida e que faça valer o investimento, não só financeiro, mas também de anos de estudo para se tornar um engenheiro (a), administrador (a) de empresa ou profissional da ciência da computação.

Para dar as boas-vindas às centenas de jovens que escolheram o Centro Universitário FEI para suas formações profissionais, a Instituição realiza todo semestre o “Desafio de Calouros”: um dia todo voltado para recepção, apresentação e atividades com os novos alunos.

2

Para o 2º semestre de 2017, o evento foi realizado no dia 04 de agosto, uma sexta-feira fria, mas que não tirou o ânimo de quem participou.

Logo na acolhida, os jovens calouros entregaram 1kg de alimento como parte do Trote Solidário. Na FEI, é expressamente proibido qualquer trote ou movimento que possa ferir a integridade moral e física dos alunos. A arrecadação de alimentos durante a recepção já mostra a preocupação e constantes ações que a FEI realiza em prol de beneficiar instituições carentes.

Tímidos e observadores, os novos alunos assistiram a abertura do evento com importantes discursos, como o da Vice-Reitora da FEI, Profª. Drª. Rivana Basso, que explicou a relevância que o Centro Universitário terá em suas formações profissionais, além das oportunidades oferecidas com projetos institucionais.

3

Falando em projetos, os veteranos participantes do Fórmula FEI, Baja, Júnior FEI entre outros, dividiram o palco por pouco mais de 30 minutos para, de forma breve, apresentar os trabalhos realizados, despertando a curiosidade nos calouros.

“Eu gostei muito do Baja, é um projeto que eu pretendo me inscrever no futuro”, destacou Caio Lopes, calouro de Engenharia.

Apresentações finalizadas, era a hora de conhecer o campus e, claro, os novos colegas. Os alunos foram divididos em 15 equipes com diversos desafios: resolver enigmas espalhados pelo campus. As atividades os levavam a conhecer laboratórios, biblioteca, prédios e salas de aula. A timidez do começo deu lugar à interação. E não demorou muito para ver grupos se conhecendo, falando dos cursos, expectativas e experiências da nova vida universitária.

6

Essa interação é o maior objetivo do evento, fazer com que os alunos se sintam à vontade e bem recebidos.

Para fechar o dia, as três melhores equipes na solução dos enigmas foram premiadas com camisetas e mochilas. E o grande prêmio do dia foi um tablet, sorteado a partir de um número que todos os participantes, sem exceção, receberam no início do evento.

8

Veja mais na reportagem abaixo, sobre como foi o Desafio dos Calouros do 2º semestre de 2017 da FEI.

O Blog da FEI deseja boas-vindas a todos os calouros. Sucesso!

Confira aqui o álbum completo de fotos

Curta nossa página no Facebook

Twitter