02 out

Congresso de Inovação FEI ganha grupo oficial no Facebook

congresso

Em outubro de 2016, de olho nas tendências e principais mudanças da sociedade, o Centro Universitário FEI promoveu seu 1º Congresso de Inovação. O evento teve como objetivo discutir os principais impactos das novas tecnologias no cotidiano da sociedade até 2050, reunindo importantes líderes da indústria, formadores de opinião, professores e alunos da Instituição. Com o título “Megatendencias 2050 – Inovações e Internet das Coisas”, mais de 2 mil profissionais participaram do Congresso, que também foi transmitido ao vivo na internet, com mais de 13 mil visualizações.

Continuando o sucesso da 1ª edição, o Congresso de Inovação 2017 acontecerá de 9 a 11 de outubro de 2017, com o tema “A Cidade e o Campo inteligentes”. Mais de 50 líderes e grandes influenciadores discutirão e compartilharão suas visões de mudanças, que vão impactar você, já em um futuro próximo.

Outra proposta ambiciosa do evento, é promover o diálogo com o público interno e externo, antes, durante e depois do Congresso! Para isso, um Grupo Oficial foi criado no Facebook, onde todos podem fazer parte das discussões e, assim, caminhar com a FEI rumo a 2050. Participe!

Congresso - Grupo Facebook

Através do grupo, durante o evento, será possível enviar perguntas para todos os painelistas, interagir com outros membros e estender o networking.

Para saber mais, acesse o site do Congresso de Inovação FEI.

19 jul

Mestrado além das fronteiras

O aluno de Mestrado em Engenharia Química da FEI, Herich Bastos, teve sua pesquisa selecionada para apresentação no Tetrahedron Symposium, importante congresso anual de química orgânica, que aconteceu em Budapeste, na Hungria.

2

No cenário atual do mercado de trabalho, aumentar a empregabilidade e manter-se atualizado (a) na área de formação é essencial. Já explicamos neste post o que é empregabilidade e a importância em investir em cursos de pós-graduação.

Com o objetivo de promover e desenvolver o conhecimento científico e a formação de recursos humanos com qualidade e excelência acadêmica, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da FEI, no nível Mestrado, incentiva os alunos nas áreas de pesquisa em Processos Químicos e Biotecnológicos e Petróleo, Gás e Biocombustíveis.

Ainda mais enriquecedor, cruzar a fronteira do conhecimento e viajar até outro país para participar de cursos, eventos e congressos científicos, eleva ainda mais este aprendizado e desenvolvimento.

É o caso do aluno e engenheiro químico Herich Bastos, estudante de Mestrado em Engenharia Química da FEI, que viajou para Budapeste, capital da Hungria. O pós-graduando apresentou sua pesquisa realizada durante o curso, sobre química orgânica, no Tetrahedron Symposium, maior congresso internacional sobre química orgânica, bio-orgânica e medicinal.

1

O Blog da FEI entrou em contato com Herich, que gentilmente nos cedeu mais informações sobre o seu projeto e participação no congresso. Confira:

– Quando e por que você decidiu ingressar no Mestrado em Engenharia Química?

Herich: “Iniciei o mestrado em 2015 conquistando uma bolsa de mérito oferecida pela FEI com objetivo justamente de me lançar em pesquisas em síntese química e engenharia química. Desde criança sou apaixonado por ciência e pelo conhecimento e a possibilidade de realizar estudos dessa natureza sempre foi um sonho.”

– Conte-me, de forma resumida, sobre sua viagem à Budapeste para participar do Congresso

Herich: “A viagem a Budapeste foi incrível! Fiquei durante uma semana no País e pude conhecer monumentos históricos, visitar castelos medievais e aprender um pouco da cultura da Hungria. Apresentar um trabalho cientifico junto a cientistas do mundo todo podendo levar o nome do Brasil para um congresso desse porte, mesmo nas atuais dificuldades que nosso país enfrenta, onde os financiamentos para pesquisa foram brutalmente cortados em um cenário de grandes instabilidade econômica, me ensinaram a grande capacidade que possuímos para superarmos qualquer barreira através do conhecimento, do esforço e da iniciativa individual.”

– Como surgiu a proposta para participar deste Congresso em Budapeste?

Herich: “O Tetrahedron Symposium é um importante congresso anual que apresenta novos desenvolvimentos em química orgânica sendo patrocinado pela Elsevier. Submetemos a pesquisa tão logo entendemos o alcance de nossos resultados para o campo da química orgânica e tivemos a alegria de nossa pesquisa ter sido aceita para a apresentação, após avaliação da equipe do congresso.”

3

– Conte-nos mais sobre a sua pesquisa, conceitos, áreas de estudo etc.

Herich: “A pesquisa teve origem em minha dissertação de mestrado que é voltada à síntese orgânica. Realizamos halogenações oxidativas com uso de peróxido de hidrogênio de compostos aromáticos sob irradiação ultrassônica. Nossa metodologia visa mais eficiência, maior seletividade na obtenção dos compostos e uso de reagentes menos tóxicos e alinhados aos princípios da química verde. Os objetivos foram alcançados e demonstraram maiores avanços se comparado as mais recentes metodologias utilizadas.”

– Como o Programa de Mestrado da FEI contribuiu para o seu desenvolvimento?

Herich: “O programa de mestrado em Engenharia Química da FEI me possibilitou, através de toda infraestrutura, tradição e valores, desenvolver as competências necessárias para me destacar como profissional obtendo oportunidades na indústria e me desenvolver paralelamente no mundo acadêmico. A possibilidade de conseguir destaque concomitantemente nesses dois campos é o que é mais surpreendente do programa e do que ele contribuiu para mim.”

– Qual a sua recomendação para um profissional que esteja interessado em cursar um Mestrado, seja em Química ou qualquer outra área de atuação?

Herich: “Recomendo a todos que se interessem a ingressar no mestrado da FEI aproveitar essa grande oportunidade se dedicando ao máximo acreditando que grandes projetos nascem ali. Seja o protagonista de sua história e faça sua história ali pois o programa possibilita grandes possibilidades.”

4

Assim como Herich, se você deseja se aprofundar ainda mais no aprendizado da graduação, ampliando o conhecimento sobre um tema de interesse acadêmico, o curso de Mestrado (Stricto Sensu) é uma boa indicação. A FEI está com inscrições abertas.

Além dele, mais de 15 cursos de Especialização também oferecem excelentes chances de crescimento profissional.

Invista em sua carreira com a FEI 😉

Curta nossa página no Facebook

Twitter