Blog da FEI Centro Universitário FEI | alunos
27 abr

FEI na FEIMEC 2018

6

Promover um ensino de qualidade, alinhado às demandas do mercado de trabalho, só é possível porque a FEI está constantemente atualizada com as mudanças do setor, inovações e tendências. Além das pesquisas e estudos realizados na Instituição, é preciso que professores e alunos sejam levados além do campus, tendo contato real com a indústria e todo o cenário mundial que fazem parte do cotidiano de profissionais da área.

A FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equpamentos, reuniu entre os dias 24 e 28 de abril, grandes marcas da indústria e suas inovações, conceitos e, principalmente, tendências para as próximas décadas. Sempre atenta, a FEI marcou presença no evento promovendo um diálogo entre alunos, professores e todos os profissionais presentes.

Em uma área chamada “Parque de Ideias”, um estande da FEI foi montado para apresentação de alguns trabalhos desenvolvidos por alunos e, também palestras com professores. Uma via de mão dupla que condiz totalmente com o DNA do Centro Universitário FEI desde sua criação: apoiar o desenvolvimento tecnológico e ser referência no País.

2

Em entrevista, o professor do curso de Engenharia de Produção da FEI, Alexandre Massote, comentou: “A FEI surgiu justamente para dar apoio ao desenvolvimento industrial, principalmente do Estado de São Paulo. Essa feira é uma ótima oportunidade para a FEI, de cada vez mais ficar perto dessas empresas. Os alunos serão futuros Engenheiros que trabalharão para as pessoas que estão expondo aqui”.

A todos que passavam pelo estande, uma curiosidade em comum: o veículo Fórmula FEI. Projetado por alunos de diversas Engenharias, como mecânica e elétrica, os estudantes levaram os dois modelos de carros que competem em níveis nacional e internacional. O primeiro apresentado foi o Fórmula Combustão, que para 2018 traz a injeção programável como novidade, além de muitas outras. E também o Fórmula Elétrico, que está alinhado a grande tendência dos veículos movidos à bateria. Um ponto interessante na exposição de projetos de alunos foi o Projeto SAMPE, da Engenharia de Materiais. O objetivo deste trabalho é construir pontes com um material leve, mas que suporta grandes pesos. Esse material foi utilizado no Design do veículo Fórmula, como estratégia para garantir uma melhor performance de velocidade no carro.

1

Enquanto os alunos trocavam conhecimentos com os visitantes, os professores palestravam para o público sobre o papel da FEI no desenvolvimento tecnológico do País. O professor Flavio Tonidanel, coordenador do curso de Ciência da Computação da FEI, apresentou sobre o futuro dos robôs inteligentes e como eles já são realidade no dia a dia de muitas pessoas. Os professores Fábio Lima, Alexandre Massote e Rodrigo Filev, dos cursos de Engenharia de Produção e Ciência da Computação, dialogaram sobre a Indústria 4.0 e como a FEI está inserida neste contexto.

3

Para o professor Alexandre Massote, essa troca de conhecimentos entre a FEI e a indústria é fundamental: “A palavra chave para o crescimento chama-se “Colaboração e Compartilhamento”. Então, a escola tem que compartilhar com a indústria aquilo que ela desenvolve. Por outro lado, as empresas têm que compartilhar com a escola no foco e na definição dos problemas”.

Veja mais destaques do evento no vídeo abaixo:

Faça parte desse mundo de inovação e desenvolvimento tecnológico com a FEI! As inscrições para o Vestibular estão abertas. Clique aqui e inscreva-se!

Até o próximo post 😉

19 set

Conheça a Equipe Concreto FEI

A noite cai e o trabalho é intenso dentro do Prédio F do Centro Universitário FEI. Ao entrar pela porta que dá acesso a um dos laboratórios, o cenário é interessante: um grande grupo de alunos se prepara, com jalecos, materiais e diversas folhas em cima da mesa, para mais um dia de atividades. Os maquinários do local estão prontos para utilização e desenvolvimento prático das pesquisas realizadas por estes estudantes. Aqui estamos, no Laboratório de Engenharia Civil, conferindo de perto o trabalho da premiada Equipe Concreto FEI!

Concreto 1

Os projetos institucionais da FEI, referência entre as faculdades, permitem aos estudantes evoluírem seus conhecimentos indo além do conteúdo teórico que é ensinado em sala de aula. Trabalhar em equipe, assumir responsabilidades e participar de competições com avaliações rigorosas, fazem com que estes jovens estejam mais preparados para o mercado de trabalho.

“Eu aconselharia a qualquer aluno que tenha interesse em se preparar para o mercado de trabalho, a entrar em um grupo de pesquisa como o nosso”, comenta Bruno Innocenti, aluno de Engenharia Civil e membro da equipe Concreto FEI, que desenvolve pesquisas de concreto de alto desempenho com o objetivo de oferecer novas tecnologias ao mercado de trabalho.

Concreto 2

O Concreto FEI conta com 14 participantes distribuídos em diferentes ciclos do curso de Engenharia da FEI. Para participar dos campeonatos e ser reconhecida como uma das melhores equipes do País, os alunos precisam estudar livros que vão do 1º ciclo ao 10º ciclo, adquirindo, assim, um conhecimento único, além de um ótimo networking para suas vidas profissionais.

“Conforme vai passando o tempo você percebe que tem muito ainda a aprender. Você se torna mais humilde. E também passa a encarar os desafios com muito mais gana! ”, completa Bruno.

Diferente do que muitas pessoas pensam, o projeto não é voltado somente para alunos da Engenharia Civil. Qualquer estudante da FEI, mesmo de outras Engenharias e até mesmo Administração, podem participar. A equipe apoia ter diferentes pessoas com diferentes habilidades, para uma maior cooperação nos projetos e trabalhos realizados.

Assista o vídeo e conheça mais sobre o projeto Concreto FEI

Gostou de conhecer mais sobre a equipe? Realize o novo você também! As inscrições para o Vestibular FEI 2018 já estão abertas, não perca tempo e inscreva-se agora mesmo clicando aqui!

04 set

Vagas de Estágios e Oportunidades se encontraram no Recruta FEI

Recruta

Mais de 25 empresas ocuparam o Ginásio de Esportes do Centro Universitário FEI, nos dias 30 e 31 de agosto de 2017. O motivo desta reunião trouxe alunos de todos os cursos: vagas de estágio e de trainees.

O Recruta FEI, maior feira de recrutamento do ABC, promove um interessante contato entre estudantes e grandes empresas, de diversos setores, que apresentam suas vagas de trabalhos e planos de recrutamento

Recruta 2

Para deixar o evento dinâmico e mais atrativo, cada empresa aposta em atividades e propostas diferentes. A General Motors, por exemplo, colocou um carro em seu estande, no qual os alunos puderam entrar, tirar fotos e, ao mesmo tempo, saber mais sobre como é trabalhar em uma das maiores empresas automobilísticas do mundo.

O Banco Santander, por sua vez, apostou em um jogo interativo, com um divertido apresentador animando os visitantes, valendo brindes exclusivos.

Uma grande novidade nesta edição do evento foi o “Espaço Conexão”, uma mini arena onde, com hora marcada, um representante de cada empresa conduzia uma palestra para alunos. Essas palestras trouxeram conteúdo diversos, sobretudo com dicas para conquista de vaga de estágio.

Recruta 4

O Recruta FEI é uma excelente oportunidade de networking e crescimento para alunos que, em alguns casos, não tiveram ainda nenhum contato com o mercado de trabalho.

O Blog da FEI esteve no evento e conversou com uma das organizadoras, a aluna Beatriz Crippa, de Engenharia de Produção. Assista o vídeo:

 

28 jul

AeroDesign FEI: voando alto em conhecimento.

Projetando aeronaves rádio-controladas, alunos do Centro Universitário FEI se desenvolvem no ramo aeronáutico, participando também de grandes campeonatos nacionais.

Areo Blog 1

Grandes desafios não faltam para alunos do Centro Universitário FEI. Além do conhecimento adquirido em sala de aula, formando profissionais capacitados nas áreas de Engenharia, Administração e Ciência da Computação, os projetos e atividades extracurriculares são ótimas oportunidades de evoluir ainda mais o aprendizado, vivenciando na prática o dia a dia do mercado de trabalho.

Essa é a realidade dos alunos que participam do projeto AeroDesign FEI, que proporciona o desenvolvimento dos estudantes de engenharia no ramo aeronáutico. Em particular, o AeroDesign se destaca, pois, sua demanda de trabalho enriquece sobremaneira os currículos dos alunos, uma vez que não há na grade curricular da FEI a disciplina de Engenharia Aeronáutica; entretanto, esse fato não descredencia nosso Centro Universitário frente às outras instituições, uma vez que a equipe sempre se destaca por seus trabalhos, inovações e projetos realizados.

Aero Blog 2

Uma prova desse destaque se dá pelos méritos. Por exemplo, graças ao centro de laboratórios mecânicos bem estruturados e conhecimento agregado da equipe, o Centro Universitário FEI é a única instituição que tem a permissão de fabricar a própria hélice, sendo também o único em nível nacional a desenvolver um sistema que reduz a rotação do motor, possibilitando um aumento no torque e a utilização de uma hélice maior, com maior tração. Além disso, todo esse conhecimento é colocado à prova: o time participa da competição nacional SAE Brasil AeroDesign, nas categorias Micro e Regular, figurando entre os melhores do País, em 3º e 7º lugares, respectivamente.

Aero Blog 3

Para saber mais, acompanhe o AeroDesign FEI no Facebook

Até o próximo post 😀

 

14 jun

TFCMAT – Trabalho de Final de Curso de Engenharia de Materiais

Alunos do curso de Engenharia de Materiais apresentaram seus Trabalhos de Final de Curso no dia 8 de junho.

TCFMAT Blog

Foram 4 apresentações, divididas entre manhã e tarde, no auditório do IECAT no prédio T com diferentes temas abordados. Os trabalhos foram orientados por professores que assistiram as apresentações junto de alunos, ex-alunos, convidados e avaliadores.

Confira os projetos apresentados:

– Reprocessamento do PP copolímero heterofásico através de 6 ciclos de injeção

Autora: Flávia dos Santos F. Ferreira Netto | Orientadora: Profª. Drª. Adriana M. Catelli de Souza

TFCMAT (37)

Flávia dos Santos durante apresentação do Trabalho Final.

Sobre o projeto: uma das maiores preocupações da atualidade é a sustentabilidade do planeta e como descartar de maneira correta os rejeitos, até mesmo reaproveitando-os, inserindo-os novamente na sociedade. Este trabalho tem por objetivo verificar os efeitos sobre as propriedades mecânicas e reológicas do polipropileno copolímero heterofásico após 6 ciclos de injeção. Além de analisar possíveis mudanças estruturais bem como a degradação do material.

– Efeitos da radiação ionizante proveniente de raios-X e feixe de prótons nas propriedades de semicondutores

Autora: Mariana Bortoletto Paschoal | Orientadora: Proª. Drª. Marcilei Ap. Guazzelli da Silveira

TFCMAT (89)

Mariana Bortoletto durante apresentação do Trabalho Final

Sobre o projeto: neste trabalho foi realizado um estudo sobre as propriedades físicas dos materiais que compõem um dispositivo eletrônico, especificamente um transistor com estrutura Metal-Óxido-Semicondutor de Efeito de Campo, a partir de parâmetros elétricos obtidos pelos efeitos causados pelo bombardeamento de prótons e irradiação por raios-X.

– Relações entre a curva tensão-deformação cíclica e vida em fadiga de aço ARBL bifásico

Autora: Verônica Montes | Orientador: Prof. MSc. William Naville

TFCMAT (135)

Verônica Montes durante a apresentação do Trabalho Final

Sobre o projeto: este trabalho apresenta a obtenção de curvas tensão-deformação cíclica e a estimativa da vida em fadiga de um aço bifásico sem a necessidade de ensaios completos de fadiga, analisando a viabilidade desse método em comparação com um trabalho anteriormente realizado.

– Estudo da Influência da Formação de Fases Intermétálicas na Temperatura Crítica de Pite do Aço UNS S31803 em solução 0,6m NaCI

Autor: Daniel Augusto Abed de Andrade | Orientadora: Profª. Drª. Daniella Caluscio dos Santos

TFCMAT (182)

Daniel Augusto durante apresentação do Trabalho Final

Sobre o projeto: com o propósito de verificar a influência de fases intermediárias na CPT, este trabalho tem como objetivo estudar a influência da formação de fases intermetálicas na CPT do aço UNS S31803 envelhecido a 850ºC em solução 0,6M NaCI.

O Blog da FEI deseja muito sucesso aos novos Engenheiros!

Veja também como foi a ExpoMecAut e ExpoMecPlena

 

 

Curta nossa página no Facebook

Twitter