04 set

Alunas de Engenharia da FEI se destacam em programa da Siemens

A cada dia que passa as mulheres estão assumindo um protagonismo na sociedade que nada tem a ver com os arcaicos padrões de beleza, mas sim pela competência que elas apresentam em tudo o que se propõe a executar; seja no meio corporativo, no esporte, na arte e também no ambiente acadêmico.

Recentemente, um grupo de cinco alunas de Engenharia do Centro Universitário FEI foram selecionadas para participar do Siemens Women Experience, um projeto da multinacional para enaltecer o papel da mulher na engenharia nos dias atuais. Ana Celino (Engenharia Civil), Camilla Marianno (Engenharia Mecânica), Kamilla Freire (Engenharia Elétrica), Gabriella Santana (Engenharia Química) e Giovanna Gimenez (Engenharia Elétrica), vivenciaram três dias de muito aprendizado com outras 15 estudantes de engenharia de outras instituições.

1

Além do encontro com as principais CEOs da Siemens no Brasil, como Lisa Davis (CEO Global de Energia e Membro da Diretoria Executiva da Siemens), Eva Schulz Kamm (Head Global assuntos governamentais da Siemens) e Sylmara Requena (Diretora de Recursos Humanos da Siemens no Brasil), as alunas tiveram contato com diversas tecnologias que vêm sendo implantada pela Siemens, tais como realidade virtual adaptada às plataformas de petróleo, mesa interativa da gestão de energia de ambientes urbanos, automatização do transporte ferroviário, plataforma Digital Twin, Topsides 4.0, manufatura preditiva, entre outros.

A partir dos conhecimentos adquiridos na conferência, as 20 participantes foram divididas em grupo e desafiadas a propor um modelo de negócio para o setor de óleo e gás, utilizando a ferramenta Business Model Canvas. Cada grupo apresentou seu projeto para uma banca avaliadora com integrantes de diferentes setores da Siemens e, ao final das apresentações, o grupo em que a aluna da FEI Giovanna Ribeiro Gimenez era integrante foi vencedor do desafio. “Essa experiência nos permitiu enxergar a importância e a evolução do universo feminino na engenharia, e valorizar nossa capacidade de alcançar objetivos pessoais e profissionais. A FEI com certeza tem um papel importantíssimo nessa nossa conquista, por nos encorajar à essa experiência e nos proporcionar a base do conhecimento”, destacou Giovana.

3

A aluna acredita também que a introdução cada vez mais das mulheres na Engenharia pode quebrar paradigmas, mostrando o potencial e o conhecimento técnico que elas podem exercer em um setor que popularmente é conhecido pelo predomínio de homens. “Queremos incentivar outras mulheres a conquistar o espaço profissional desejado, baseado em suas potencialidades e desejos, e não sendo influenciada por uma visão contrária que vem da sociedade”.

2

__

Histórias de sucesso como essa nos inspiram. É um prazer para a FEI fazer parte desses momentos! Até o próximo post 😉

Deixe seu comentário

Curta nossa página no Facebook

Twitter