10 maio

Crescimento tecnológico gera vagas para profissionais de ciência da computação

Os profissionais de área procuram formação mais completa para acompanhar atualização do mercado de trabalho

Conhecido como T.I., o profissional de ciência da computação se tornou indispensável para empresas de qualquer setor, tanto no Brasil como no Mundo.  Só no Brasil o mercado emprega 1,3 milhões de profissionais, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação.

A taxa de empregabilidade é muito alta, são 50 mil vagas ainda esperando por profissionais. O Prof. Flavio Tonidandel, coordenador do curso de ciência da Computação do Centro Universitário FEI, explica o porquê isso acontece “O mundo corporativo está cada vez mais dependente da tecnologia e da computação. Além disso, em época de retração da economia, a busca por soluções computacionais, para redução de custo, cresce ainda mais, gerando postos de empregos nas áreas de T.I.”

Porém as empresas não procuram somente por profissionais que tenham conhecimento técnico, é necessária inovação. O mercado está carente de profissionais que pensem, juntamente com o conhecimento técnico, sempre a frente e consigam acompanhar o ritmo constante e rápido de atualização que o setor tem.

iStock_000007947394Large

Ter uma formação completa é a diferença entre entrar ou não no mercado de trabalho. Com uma grade curricular reformulada em 2015, o Centro Universitário segue o ritmo do mercado de perto, oferecendo aos alunos infraestrutura e a possibilidade de se manter no mesmo ritmo das grandes empresas.

“Temos projetos de desenvolvimento de tecnologia, programação e inovação, como a Maratona de Programação, Robótica, Interação Humano-Computador e Internet das Coisas, onde os alunos de graduação podem participar e aprimorar suas competências”, explica o Prof. Flavio “Estes projetos aproximam os programas científicos e tecnológicos de mestrado e doutorado do aluno de graduação ainda quando ele está em curso. O que faz com que tenha uma formação muito mais completa”

 O curso está com inscrições abertas para o processo seletivo do segundo semestre de 2016. Os interessados podem se inscrever pelo site da FEI: vestibular.fei.edu.br   

 

 

 

Deixe seu comentário

Curta nossa página no Facebook

Twitter