21 mar

Clube de Materiais promove a integração de alunos da Engenharia

Uma das principais características da Engenharia é a multidisciplinaridade. As diferentes áreas do setor têm papéis fundamentais de apoio entre si. Se um Engenheiro tem como objetivo construir um carro com um tipo diferente de pintura na lataria, o Engenheiro Químico pode ser o responsável por oferecer o melhor componente. Se o estofado do carro deve ser com detalhes peculiares, é tarefa do Engenheiro Têxtil encontrar soluções que atendam essa demanda. A partir desse exemplo simbólico, podemos entender o papel do Engenheiro de Materiais, que busca atender e solucionar as principais necessidades do setor, segundo às tendências do mercado.

MAT

Na FEI, o departamento de Engenharia de Materiais promove o Clube de Materiais: encontros quinzenais que têm como objetivo apresentar o papel do Engenheiro de Materiais e como ele contribui em diversas etapas da indústria.

O Blog da FEI acompanhou um desses encontros e conversou com a Professora Daniella Caluscio, que explicou mais sobre o evento. Assista no vídeo abaixo:

16 mar

Desafios da Mulher no Mercado de Trabalho

Durante o mês de março, inúmeras ações e movimentos, além de homenagens, têm como objetivo nos levar à reflexão sobre a importância do papel da mulher em diversos âmbitos da sociedade.

Dos cursos da FEI, os mais populares como as Engenharias, classificadas como referência no País, também são conhecidas por ter, em sua maioria, público masculino. No entanto, esse cenário vem mudando a cada ano e, cada vez mais, encontramos candidatas, alunas e ex-alunas atuando fortemente nos setores industriais, muitas vezes como gestoras e em cargos de destaque.

Para reforçar essa realidade, três líderes da Scania, multinacional sueca do setor automotivo, apresentaram uma palestra no campus São Bernardo do Campo da FEI comentando suas percepções e principais desafios de trabalhar na indústria.

3

Na ordem: Aline Rovath, Carla Tetamante e Renata Herrera, palestrantes convidadas.

O interessante deste encontro foi ter um público bem dividido, entre alunos e alunas, reforçando um dos principais discursos das palestrantes: a igualdade.

Aline Rovath, formada em Engenharia Mecânica pela FEI, que atua como líder no setor de Sales e Marketing, abriu o tema da palestra destacando: “É importante que cada vez mais estejamos presentes em diversas posições, não apenas na liderança, mas em diversas esferas, mostrando o nosso conhecimento. ”

A Engenheira de Produção Renata Herrera, líder do setor de montagem na empresa sueca, reforçou a importância de ser feliz nas escolhas profissionais e, principalmente, fazer o que gosta. Dessa forma, segundo Herrera, alcançar os objetivos se torna mais prazeroso, mesmo diante dos desafios, conectando-se também às ideias apresentadas por Carla Tetamante, economista e gestora no setor de compras, que por sua vez acredita que há espaço para todos, homens e mulheres, pois é preciso viver e buscar as próprias expectativas.

Veja no vídeo abaixo mais depoimentos deste encontro inspirador:

O Centro Universitário FEI parabeniza a todas as mulheres neste mês de março. Até o próximo post 😉

09 mar

Impactos da Digitalização e Indústria 4.0

IPEI in Foco

Com o propósito de manter os alunos do Centro Universitário FEI alinhados às demandas e megatendências do mercado, mais uma edição do IPEI in Foco, ciclo de palestras sobre inovação, foi realizado na última quarta-feira, 7 de março.

Na ocasião, dois grandes líderes da Atlas Schindler, formados em Engenharia pela FEI, conduziram uma palestra sobre os Impactos da Digitalização nos processos e na vida de um Engenheiro. Na verdade, mais que o título, sabe-se que a Digitalização, Internet da Coisas e Indústria 4.0, já têm transformado toda a sociedade e seus hábitos. E as mudanças vão continuar. O mundo tende a se tornar um lugar cada vez mais conectado.

2

Fabio Mezzarani, Head de Operações para Américas da Schindler, comenta: “No dia a dia a gente já interage bastante através dos Smartphones e Computadores. Mas os eletrodomésticos, equipamentos industriais, elevadores e escadas rolantes, tudo isso estará conectado. Então, é um mundo totalmente integrado onde teremos mais flexibilidade e transparência nas atividades em geral”.

Conectada à esta realidade também está a formação dos alunos FEIanos, haja vista que, de acordo com a Plataforma de Inovação, um dos objetivos da Instituição é formar profissionais que serão protagonistas das mudanças do futuro. De acordo com Flávio Silva, presidente da Atlas Schindler, o estudante hoje tem que ser estudante sempre, para acompanhar e fazer parte dessas mudanças. “O estudante deve continuar nessa vertente de resiliência, de se adaptar às condições socioeconômicas que o mercado vai oferecer”, completa o executivo.

Assista no vídeo abaixo a entrevista completa feita durante o evento:

Até o próximo post 😉

23 jan

Business Innovation Design Thinking: conheça o novo curso da FEI!

Curso de Especialização visa capacitar profissionais para atuarem de forma dinâmica em diversas áreas do conhecimento.

Business

O Centro Universitário FEI acaba de abrir vagas para um novo curso de Especialização: Business Innovation Design Thinking. O objetivo é capacitar profissionais de diversos segmentos de atuação para desenvolverem soluções criativas e inovadoras de negócios para o mercado consumidor ou empresarial.

O curso atrai profissionais de diversas áreas, como Engenharia, Administração, Tecnologia da Informação, Economia e Marketing, por exemplo, que têm a missão de buscar inovações e soluções para sua área de atuação. Confira abaixo um pouco mais sobre o perfil do público-alvo:

– Jovens Empreendedores (recém-formados) que desejam abrir e gerir o próprio negócio;

– Profissionais experientes de organizações que desejam empreender os seus próprios negócios;

– Profissionais experientes de organizações que desejam empreender negócios para organizações, como o desenvolvimento de produtos e/ou serviços;

– Jovens profissionais que dominam as tecnologias da informação e que almejam criar e gerir negócios na Internet como lojas virtuais.

FEI-POS2018-LKD-BUS_INN

Com duração de 1 ano e disponível nos dois campi da Instituição, com estacionamento gratuito, o aluno terá o certificado de “Especialista em Business Innovation Design Thinking”. Acesse este link e veja mais detalhes, como plano de disciplinas e conteúdo programático.

Invista em sua carreira! Inscrições abertas.

Informações

Campus São Paulo – (11) 3274-5200
Envio de currículos para análise – iecatsp@fei.edu.br

Campus São Bernardo do Campo – (11) 4353-2909
Envio de currículos para análise – iecat@fei.edu.br

25 out

Uma dose de café e muito conhecimento, por favor ;)

cafe-quimica2-linkedin

Na última segunda-feira, 23 de outubro, uma manhã muito agradável e cheia de conhecimento marcou mais uma edição do Café com a Engenharia Química, onde alunos e professores da FEI receberam a palestrante Maria Cristina Nascimento, presidente da ABEQ – Associação Brasileira de Engenharia Química.

O objetivo desse encontro foi promover aos alunos um diálogo com o mercado de trabalho, sobretudo o papel do Engenheiro Químico no desenvolvimento de processos e produtos na indústria. A convidada, Maria Cristina, trouxe duas apresentações com diversos exemplos práticos sobre o tema, abrindo espaço para perguntas de todos os tipos.

usar blog 3

 Maria Cristina Nascimento

Presidente da ABEQ – Associação Brasileira de Engenharia Química

Os questionamentos mais comuns entre os estudantes foram sobre conquistar um emprego e como ser inovador para atender as demandas exigentes em um Engenheiro Químico. Apesar de ser uma área exata, Cristina afirma que é preciso ser inovador e criativo.

“O profissional que vai trabalhar em inovação tem que ser curioso, tem que querer entender melhor, saber melhor. Esse é o perfil. É um profissional que busca alternativas, que não se prende em estudar somente aquilo que lhe foi demandado. Ele também precisa conhecer além do espaço dele, como que o trabalho vai impactar os outros, além da flexibilidade e boa relação interpessoal”, comentou a palestrante.

0X9A0671

Segundo Cristina, as grandes empresas têm apostado muito em perfis jovens em suas equipes, justamente pela inovação das ideias, mas ao mesmo tempo, como um ponto de equilíbrio, sempre haverá dois ou três engenheiros mais experientes.

Essas palestras funcionam como uma janela para o amplo (e concorrido) mercado de trabalho. Mais que isso, os alunos percebem o valor de poderem conversar com profissionais expressivos sobre a área que estudam, como forma de influência nas decisões futuras sobre carreira.

A aluna do 7º ciclo de Engenharia Química, Caroline Alfredo da Silva, comenta: “Ajudou muito a ter uma noção de como funciona na prática, não só para mim, mas principalmente para o pessoal novo da Engenharia Química. Acho que a faculdade permite ter uma visão muito técnica de como o Engenheiro Químico trabalha, então eu acho primordial esse tipo de conversa, poder ter esse bate papo informal, a liberdade de saber como é o dia a dia e se é isso o que queremos para as nossas vidas”.

usar blog 2

O encontro terminou com diversas fotos para recordação, uma visita de Maria Cristina aos laboratórios de Engenharia Química da FEI e uma certeza: compartilhar conhecimento é sempre válido, melhor ainda quando acompanhado de um bom café!

Realize o Novo com a FEI! As inscrições para o Vestibular 2018 estão abertas.

Clique aqui e se inscreva

Vestibular

Curta nossa página no Facebook

Twitter