23 Aug

Debate sobre inovação no IPEI Infoco

Mais uma edição do IPEI Infoco, realizada no campus São Bernardo do Campo da FEI, promoveu a alunos e convidados um debate sobre inovação no mercado de trabalho.

1 ipei

Em 16 de agosto aconteceu o IPEI Infoco, fórum que reúne alunos, professores e convidados da Instituição, em um debate sobre inovação para o mercado de trabalho. Desta vez, o palestrante foi Weber Porto, ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik, empresa química alemã reconhecida como uma das mais inovadoras do mundo.

Weber abriu sua palestra comentando, com muito bom humor, dos seus tempos de aluno na Instituição. Formado em Engenharia Química na turma de 1981, lembrou de alguns episódios com professores e comentou sobre antigos laboratórios, onde hoje está parte dos restaurantes da área de conveniência da FEI.

2 ipei

Weber Porto – Ex-aluno FEI e Presidente Regional da Evonik

Em meio a esse divertido discurso, Weber já começou com algumas dicas sobre a importância da FEI na formação dos profissionais.

“Na realidade a gente sai bastante preparado para a vida real. Isso que é bastante importe, porque a realidade lá fora é difícil, onde a qualificação dos profissionais não deve ser somente do conhecimento, mas é preciso pensar, raciocinar e inovar”

Falando de inovação, o engenheiro FEIano trouxe exemplos e mostrou um pouco da rotina da empresa onde, na América do Sul e Central, atua como presidente. Para Weber, ser inovador começa com detalhes pequenos, como, por exemplo, um agradável ambiente de trabalho e muita dedicação ao cenário atual em que a empresa/profissional vive. É preciso ser ousado, mas ao mesmo tempo, ter consciência dos passos e decisões a serem tomados por todos na organização.

Confira mais dicas com o próprio Weber Porto, no vídeo abaixo:

Até o próximo post 😉

 

21 Aug

Vantagens do Programa de Iniciação

Confira neste texto as vantagens em participar de um Programa de Iniciação. 

1

Vivemos hoje em um cenário que, cada vez mais, exige conhecimento de um estudante universitário. Entretanto, essa demanda nem sempre pode ser atendida apenas com o conteúdo lecionado em sala de aula. É preciso buscar o saber a partir de perguntas. O estudante que assume o papel de questionador e busca solucionar problemas, tem vantagens que podem servir para o seu crescimento, pessoal e profissional, destacando-se no mercado de trabalho.

Para isso, participar de um Programa de Iniciação é uma das melhores maneiras de manter o conhecimento em constante mudança, sempre em alta.

Ao participar do projeto, o aluno desenvolverá uma pesquisa sobre algum tema, relacionado ao seu curso, orientado por professores, mestres e doutores. Uma chance ímpar de trocar experiências.

Listamos aqui 3 grandes vantagens que todo aluno tem, ao ingressar em um Programa de Iniciação. Confira

– Aumento da Empregabilidade

Diferente do que muita gente pensa (ou associa), participar de um Programa de Iniciação durante a faculdade não significa seguir somente a carreira acadêmica. As empresas e seus recrutadores valorizam quem participa desses projetos, uma vez que é necessário ser responsável, ter um olhar crítico e propor soluções de problemas.

– Networking e troca de conhecimento

Imagine que você, ainda no primeiro ano da graduação, já tem em mãos um projeto de estudo no qual precisará o tempo todo estar em contato com professores e alunos da graduação, pós-graduação e, indo além, mestrado e doutorado. Essa é mais uma rica vantagem em participar do Programa de Iniciação, onde o networking profissional vem de forma natural, assim como o conhecimento.

– Apoio para o curso de graduação

Todo o resultado que você obtém com seu projeto de pesquisa, durante a Iniciação, pode ser utilizado de diversas formas. Uma delas é durante o seu próprio curso de graduação, por exemplo: no TCC – Trabalho de Conclusão de Curso. Os dados obtidos, respostas e conclusões sobre determinados assuntos, podem servir de embasamento para o seu projeto no fim do curso, enriquecendo novamente para o seu currículo, voltando ao primeiro item que listamos aqui. Incrível, não é mesmo? Vantagens do conhecimento.

2

No próximo dia 23 de agosto, no campus São Bernardo do Campo da FEI, haverá uma palestra apresentando os Programas de Iniciação da Instituição. Participe e venha evoluir seus conhecimentos!

1

23 Sep

FEI recebe o 103º Seminário da Campanha Nacional Sobre Drogas

No dia 03 de setembro, a FEI recebeu em parceria com o CIEE, o 103º Seminário da Campanha Nacional Sobre Drogas. O tema foi colocado em pauta para os alunos, uma vez que os universitários estão na maior zona de vulnerabilidade para o uso de drogas.

Doutora em Ciências pelo Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo, a Professora da UNIFESP Ana Regina Noto apresentou a palestra “Drogas, contextos, efeitos e riscos”. Ana Regina contou a história do uso de drogas e falou sobre os fatores biológicos, psicológicos e sociais que estimulam o uso.

A Dra. Ana Regina Noto explicou como as drogas afetam a "via de recompensa" do cérebro, impossibilitando o poder de decisão do dependente.

A Dra. Ana Regina Noto explicou como as drogas afetam a “via de recompensa” do cérebro, impossibilitando o poder de decisão do dependente.

Apesar da vulnerabilidade genética existir, ela não é determinante para dizer se um indivíduo será ou não dependente, fatores como depressão, hiperatividade, pressão social e problemas psiquiátricos podem tornar o indivíduo mais suscetível ao uso de drogas, lícitas ou ilícitas. Tantas razões tornam difícil identificar o motivo pelo qual as pessoas se viciam.

Além de dados, notícias e diálogo sobre o uso de drogas, a professora pediu uma reflexão maior das Atléticas quanto aos financiamentos de festas por indústrias de bebidas. Segundo Ana Regina Noto, a melhor forma de encarar e resolver um problema, é enxerga-lo de diferentes maneiras.

Para complementar a fala da Dra. Ana Regina, o colaborador do Núcleo de Pesquisa em Saúde e Uso de Substâncias da UNIFESP, o Professor Danilo Polverini Locatelli falou sobre “Drogas, Mídia e Política”. Danilo apresentou um comparativo entre as propagandas de cigarro e álcool, no passado e atualmente, além de falar sobre a evidência dada pela mídia a drogas como maconha e cocaína, quando o álcool, tão inserido no cotidiano das pessoas, é a droga que mais mata e com maior crescimento de usuários no Brasil.

Seminario da Campanha Nacional Sobre Drogras  (21)

O professor Danilo Locatelli evidencia o tratamento midiático para diferentes tipos de droga.

O álcool, tratado como a droga do bem, tem espaço nos meios de comunicação, mas a ele são atribuídas mortes de 31% da população masculina brasileira, um número bem alto se comparado ao 1% das mortes relacionadas às drogas ilícitas. Para o Professor Danilo Locatelli, o que falta para que o problema das drogas seja resolvido ou, ao menos amenizado, são políticas públicas pautadas nas evidências científicas e não em interesses econômicos, crenças e valores. Ao final do Seminário, os alunos puderam fazer perguntas e debater com os convidados sobre os temas das palestras.

18 Jun

Samsung fará palestra sobre TV Digital na FEI

A Samsung irá realizar no próximo dia 27/06 – 19h uma palestra sobre desenvolvimento de Apps para TV Digital.

É uma oportunidade muito bacana de ouvir o pessoal de tecnologia de uma grande multinacional falar sobre tecnologia de ponta, e ainda preparar os participantes para um novo mercado.

Este é o mesmo evento que a Samsung realizou para todos os interessados em tecnologia de TV Digital em São Paulo, só que desta vez é exclusivo para você.

Participem e se inscrevam pelo link: http://fei.edu.br/~flaviot/samsungapps/index.htm

Ate+
Filev
Te espero no dia 27/06.

Curta nossa página no Facebook

Twitter