27 Jun

Conheça o mini trator Eqüus, desenvolvido por alunos da FEI

Trator

Mini Trator Eqüus

Os alunos do Centro Universitário FEI, durante toda graduação, são desafiados à inovação e empreendedorismo. Trabalhar a visão crítica é fundamental na formação desses novos profissionais para que suas contribuições na sociedade sejam relevantes e façam diferença na vida das pessoas.

Foi justamente para fazer a diferença que alunos de Engenharia Mecânica apresentaram seus Projetos de Conclusão de Curso na 59ª ExpoMecAut, como apresentamos neste post.

Grupo

Realilzada no dia 08 de junho, a ExpoMecAut apresentou os Projetos de Conclusão de Curso dos alunos de Engenharia Mecânica Automobilística da FEI

Os cinco criativos projetos apresentados foram avaliados por professores e profissionais do setor. O Blog da FEI conversou com o grande vencedor da exposição, o projeto Eqüus!

Eqüus é um mini trator que tem como promessa otimizar o tempo e garantir melhores condições físicas de trabalho ao pequeno agricultor.

Para poder chegar na ideia, planejar, projetar e realizar os cálculos necessários, o grupo foi a campo e realizou visitas técnicas a pequenos agricultores e profissionais do setor para poder entender o cenário atual e enxergar as oportunidades de novos produtos e soluções.

Equus

Alunos de Engenharia Mecânica da FEI ao lado do Eqüus

Segundo Enzio Bianchini, membro do grupo, o trator realiza diversas atividades que otimizam o esforço físico do agricultor e chama atenção por uma de suas principais características: esterçamento nas rodas traseiras.

Esse detalhe permite ao trabalhador fazer apenas uma manobra para entrar e sair dos canteiros, passando por uma linha plantada e entrando em outra. Com transmissão hidráulica e construção feita por mangueiras, foi possível também deixar um grande vão na parte inferior do veículo, permitindo que ele passe por cima das plantações sem danificar o cultivo.

Após um ano de desenvolvimento e muito trabalho, os alunos finalmente criaram o protótipo do Eqüus e o colocaram em movimento. Confira o resultado no vídeo abaixo:

24 Oct

Professor doutor Jacques Demajorovic foi vencedor do Prêmio Santander Práticas de Educação para Sustentabilidade

Com a proposta de inserir conteúdos ligados à sustentabilidade na formação de administradores do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana), o professor dos cursos de graduação, mestrado e doutorado em Administração da FEI, Jacques Demajorovic, foi um dos vencedores do Prêmio Santander Práticas de Educação para Sustentabilidade. Como prêmio, o professor da FEI recebeu uma bolsa para estudar empreendedorismo na Babson College, a principal escola de negócios do mundo com foco em empreendedorismo e inovação, localizada em Massachusetts, Estados Unidos. O concurso recebeu inscrições de mais de 250 professores de universidades brasileiras.

Na FEI, Demajorovic trabalha desde 2010 conteúdos ligados à sustentabilidade na disciplina Introdução à Teoria Geral da Administração, ministrada para alunos do 1º ciclo de Administração, do campus São Paulo. “O principal diferencial na forma de avaliação, que também envolve os métodos convencionais como resenhas, seminários e provas, foi propor aos estudantes a produção de documentário, com até 10 minutos de duração, sobre gestão e sustentabilidade nas organizações. A proposta foi desafiadora e ao mesmo tempo estimulante. Os resultados superaram minhas expectativas”, afirma o professor.

troféu recebido pela FEI em nome do Prof Dr Jacques Demajorovic

Premiação – A final do Prêmio Santander Práticas de Educação para Sustentabilidade ocorreu nesta segunda-feira (22), na Torre Santander, em São Paulo, com a presença da ambientalista e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que abordou o papel da educação voltada para a sustentabilidade no desenvolvimento do Brasil. Também foram premiados os professores Eduardo Jara, da Universidade do Estado de Santa Catarina, com um programa que inclui sustentabilidade na disciplina de Estatística, e Cláudio Senna Venzke, da Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), que ministra a disciplina Fundamento do Processo Administrativo .  “A premiação reflete a excelente qualidade do corpo docente também no curso de Administração da FEI”, afirma a professora doutora Rivana Basso Fabbri Marino, vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias.

 

Curso Administração da FEI – criado em 1941, nos moldes da Graduate School of Business Administration, da Universidade de Harvard, Estados Unidos, o curso de Administração FEI foi o primeiro de nível superior a funcionar no País. É ministrado nos campi São Bernardo (noturno) e Liberdade (matutino e noturno), com duração de oito semestres. Com uma estrutura curricular especialmente direcionada às necessidades e tendências de mercado, o curso objetiva a formação de profissionais – executivos, empresários e consultores – capazes de gerir desde uma pequena unidade de negócios até um conglomerado de empresas.

16 May

ESTUDANTE DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PARTICIPARÁ DE SEMINÁRIO DE ACIARIA – INTERNACIONAL

O Centro Universitário da FEI é um espaço gerador de conhecimento, e oferece os requisitos necessários para formar alunos de excelência , prontos para atenderem às exigências do mercado. É o caso de Pedro Otávio Savine Sorrentino, estudante de Engenharia de Materiais.

O feiano foi um dos dez vencedores do concurso ”Estudantes nos Seminários”, versão Aciaria, realizado pela Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM). Os ganhadores participarão, gratuitamente, das atividades do 43º Seminário de Aciaria – Internacional, em Belo Horizonte (MG), que acontecerá de 20 a 23 de maio.

Especialistas avaliaram as redações enviadas pelos universitários sobre “O melhor substituto do aço é um aço melhor”, escolhendo os melhores. Segundo o diretor de tecnologia da CBMM e diretor da ABM, Marcos Alexandre Stuart Nogueira, é na aciaria que esses novos aços começam a nascer. “Dando suporte integral para que alunos participem do Seminário, buscamos maior alinhamento e comprometimento dos estudantes com o desenvolvimento de aços de qualidade sempre crescente”, diz.

O objetivo do concurso é colaborar para o avanço científico-tecnológico do setor e descobrir novos talentos, em uma época onde o País carece de engenheiros qualificados.

Engenharia de Materiais – O curso de Engenharia de Materiais, oferecido pela FEI, possui forte embasamento científico e tecnológico, formando profissionais aptos a planejar, executar e controlar a produção, transformação e caracterização de materiais metálicos, cerâmicos, poliméricos e compósitos. Além disso, atua na caracterização, seleção, pesquisa e desenvolvimento de novos materiais.

Ministrado no Centro Universitário da FEI (campus São Bernardo do Campo), o curso acontece em período diurno, tendo dez semestres de duração. Para obter mais informações, favor entrar em contato pelo (11) 4353-2900, ramal 2010.

Curta nossa página no Facebook

Twitter