01 dez

Aluno de Engenharia Civil da FEI ganha intercâmbio no Programa Fórmula Santander

Fazer um intercâmbio é o sonho de muitos universitários. Os benefícios pessoais e culturais de passar meses estudando em outro país estão diretamente conectados com a potencialização curricular, aumentando assim a empregabilidade. O resultado de viajar o mundo é uma mente mais conhecedora e dinâmica.

O Centro Universitário FEI tem realizado diversas parcerias que proporcionam aos seus alunos a oportunidade de cursar um semestre (dependendo do caso, até mais) em universidades fora do País. É o caso do Programa Fórmula Santander, organizado pela Santander Universidades, que possui a FEI como uma das 53 instituições de ensino cadastradas.

3

Gustavo Magalhães Terceto, aluno de Engenharia Civil FEI

O objetivo é oferecer 100 bolsas de estudos internacionais para alunos da graduação e pós-graduação. Os candidatos devem se cadastrar a partir de um edital previamente divulgado pela instituição onde estuda, seguindo os critérios de avaliação do Programa.

Em sua 8ª edição, realizada em 10 de novembro de 2017, um dos vencedores foi Gustavo Magalhães Tercete, aluno do 8º ciclo de Engenharia Civil na FEI. O valor da Bolsa? Aproximadamente 5 mil euros para cobrir custos com transporte, hospedagem e alimentação, além de poder escolher entre as 1,2 mil instituições conveniadas ao Programa em 20 diferentes países.

A entrega do prêmio aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde os participantes também puderam conferir o treino livre do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1.

1

O Blog da FEI conversou com o aluno, Gustavo Tercete, sobre toda a premiação e expectativa. Confira:

Como você recebeu a notícia que foi um dos vencedores do Programa Fórmula Santander?

Foi uma notícia muito inesperada devido à grande concorrência para a vaga. Foi uma alegria imensa saber que essa oportunidade surgiu para mim.

Você passará 6 meses estudando fora do País. Já tem o destino definido?

Ainda não, mas estou planejando ir para a Universidad de Alicante, na Espanha. 

Conte-nos um pouco sobre as expectativas de aprendizado neste intercâmbio.

Eu espero aprender muito conhecendo uma cultura diferente! Viver essa experiência ao máximo e aproveitar cada momento.

Na sua opinião, qual a importância da FEI em apoiar esse tipo de iniciativa? O que você mais toma como aprendizado sendo aluno da Instituição?

A FEI tem me apoiado desde o início da faculdade com oportunidades de projetos e pesquisas. Esse apoio foi fundamental, pois pude me dedicar aos estudos de forma integral, o que me propiciou um excelente desempenho acadêmico. Existe uma grande importância nas relações que a FEI estabelece com estes programas de intercâmbio, pois, apesar de ser poucas as oportunidades, ainda atinge alunos de baixa renda que não teriam condições de realizar uma viagem deste porte. 

Qual dica você daria para um aluno que sonha com um intercâmbio estudantil?

Eu diria para ele que se empenhar na faculdade sempre vale a pena. Nós devemos estar preparados para quando a oportunidade aparecer. E nunca perder a esperança, pois novas chances sempre aparecem para aqueles que se preparam. 

1382-2276-formula-santander-_-becas-2017--i-hate-flash__20171123194604445_B07A

O Centro Universitário FEI parabeniza o aluno Gustavo Tercete, pela conquista, e deseja que esse intercâmbio seja extremamente enriquecedor.

Acesse este post e saiba mais sobre os Projetos de Intercâmbio da FEI

Até a próxima 😉

06 nov

Equipe FEI é Campeã Geral no Congresso Brasileiro do Concreto

Alunos da FEI participaram do maior fórum de concreto do País, destacando-se em 1º lugar

Arquivo 07-11-2017 16 02 34_preview

De 31 de outubro a 03 de novembro, aconteceu no Rio Grande do Sul a 59ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto, com a participação de diversas faculdades do País, entre elas o Centro Universitário FEI, apresentando seu projeto de pesquisa em concreto, desenvolvido por alunos da Engenharia Civil.

O CBC (Congresso Brasileiro de Concreto) é promovido pelo Ibracon e já se firmou como o maior fórum técnico nacional de debates sobre a tecnologia do concreto e seus sistemas construtivos.

Para participar da competição, a equipe se preparou desde o início do ano, pois as etapas de avaliação se estenderem entre fevereiro e setembro através do envio de projeto, artigos e estudos, finalizando então com o grande evento, onde diversas categorias foram avaliadas.

Confira o resultado completo da FEI em todas as categorias:

Categoria APO – 1º Lugar

Categoria Concrebol – 2º Lugar

Categoria COCAR – 4º Lugar

Categoria Ousadia – 2º Lugar

Categoria Quem Sabe Faz Ao Vivo – 13º Lugar

CAMPEÃO GERAL – Medalha Concreto: Centro Universitário FEI

concreto Blog

Agora, o próximo passo da equipe FEIana vai além das fronteiras: o Ibracon, organizador do evento, financiará a 5 estudantes uma viagem para Las Vegas, para participação no Congresso ACI, que tem como objetivo discutir as principais novidades e tecnologia em estrutura para concreto. Neste evento, a equipe Concreto FEI vai competir no mundial Bowling Ball, um boliche com bola de concreto, podendo trazer à Instituição o troféu mundial.

Para a FEI, é um orgulho construir esta história de sucesso ao lado dos alunos. Parabéns a todos!

Conheça a equipe Concreto FEI

Se inspirou? Inscreva-se para o Vestibular FEI 2018. Clique Aqui!

Vestibular

17 out

Alunos apresentam seus projetos de pesquisa no SICFEI

4

No último dia 29 de setembro, no campus São Bernardo do Campo, aconteceu o VII SICFEI – Simpósio de Iniciação Científica, Didática e de Ações Sociais de Extensão da FEI.

O evento reuniu os principais projetos de pesquisa desenvolvidos por alunos, de todos os cursos, que participam do Programa de Iniciação Científica da FEI. Há algum tempo já listamos, aqui neste post, as principais vantagens e atribuições do programa.

O SICFEI congrega 4 vertentes em suas apresentações. São elas:

– Iniciação Científica;

– Iniciação Tecnológica e de Inovação;

– Didática;

– Ações de Extensão.

Para a exposição, os estudantes escrevem os seus trabalhos, apresentando as etapas das pesquisas já desenvolvidas e os resultados obtidos, sempre com orientação de um professor. Os melhores projetos são selecionados e levados ao evento, que reúne alunos, professores e uma banca avaliadora, formada por profissionais do mercado, alguns deles ex-alunos da Instituição.

“Alguns desses projetos estão ligados ao empreendedorismo, eles têm um viés de inovação”, comenta a Professora Michelly de Souza, da comissão organizadora.

2

O grande destaque para os participantes fica por conta do crescimento, pessoal e profissional, diante dos desafios de um projeto de pesquisa. O aluno de Engenharia de Produção, Guilherme Garcia, comenta: “Com a Iniciação Científica eu pude descobrir novos métodos de buscas. Antes eu ficava limitado à poucas bases de dados, com a iniciação eu descobri que há um mundo bem maior por trás disso. ”

1

Diferente do que muitas pessoas pensam, participar do programa de iniciação científica não deixa o aluno preparado somente para o meio acadêmico, mas também o prepara e o coloca em contato com o mercado de trabalho. No SICFEI, isso acontece na prática: avaliadores externos, da indústria e academia, classificam os melhores trabalhos que recebem prêmios no fim do evento.

“Eu achei muito bons os trabalhos. Eles estão tendo uma participação muito ativa da indústria, que é um conceito muito forte da FEI. Alguns trabalhos estão bem destinados à solução de problemas propostos pela indústria. ” – Comenta Fernando Garcia Nicodemos, ex-aluno e avaliador do evento.

Se você é aluno e tem interesse em participar do Programa de Iniciação FEI, a Profª Michelly tem um recado:

“A dica principal é conhecer os programas. Nós temos a secretaria, as coordenadoras dos programas que estão à disposição para falar sobre cada um deles (programas) e apresentar quais são as ideias. O aluno também pode entrar no site da FEI e consultar quais são os projetos que estão em andamento, os professores que orientam e o tipo de trabalho que é desenvolvido em cada área. ”

Assista a reportagem feita durante o evento:

Realize o Novo com a FEI: as inscrições para o Vestibular 2018 estão abertas. Clique aqui e se inscreva.

01 set

Centro Universitário FEI conquista 51 estrelas no Guia do Estudante 2017

O Guia do Estudante, da Editora Abril, estará disponível nas bancas em 16 de outubro.

Guia do Estudante 2017-linkedin

O Centro Universitário FEI, mais uma vez, teve todos os Cursos de Graduação estrelados no Guia do Estudante 2017, da Editora Abril. Ao todo, foram 51 estrelas, com destaque para o curso de Engenharia de Automação e Controle, nota máxima!

Confira abaixo a classificação de cada curso e o link para baixar o selo.

– Administração – Campus São Bernardo do Campo

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Administração – Campus São Paulo

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Ciência da Computação

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia de Automação e Controle

Classificado com 5 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Elétrica

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia da Computação

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Eletrônica

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia de Produção

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Mecânica

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Química

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Têxtil

Classificado com 4 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia de Materiais

Classificado com 3 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

 

– Engenharia Civil

Classificado com 3 estrelas

Clique aqui e faça download do selo

usar

Essa conquista é um resultado do esforço e comprometimento de professores, alunos e funcionários, para manter o Centro Universitário FEI como uma das melhores instituições privadas do País. Parabéns a todos!

Até o próximo post 😀

27 jun

Conheça o mini trator Eqüus, desenvolvido por alunos da FEI

Trator

Mini Trator Eqüus

Os alunos do Centro Universitário FEI, durante toda graduação, são desafiados à inovação e empreendedorismo. Trabalhar a visão crítica é fundamental na formação desses novos profissionais para que suas contribuições na sociedade sejam relevantes e façam diferença na vida das pessoas.

Foi justamente para fazer a diferença que alunos de Engenharia Mecânica apresentaram seus Projetos de Conclusão de Curso na 59ª ExpoMecAut, como apresentamos neste post.

Grupo

Realilzada no dia 08 de junho, a ExpoMecAut apresentou os Projetos de Conclusão de Curso dos alunos de Engenharia Mecânica Automobilística da FEI

Os cinco criativos projetos apresentados foram avaliados por professores e profissionais do setor. O Blog da FEI conversou com o grande vencedor da exposição, o projeto Eqüus!

Eqüus é um mini trator que tem como promessa otimizar o tempo e garantir melhores condições físicas de trabalho ao pequeno agricultor.

Para poder chegar na ideia, planejar, projetar e realizar os cálculos necessários, o grupo foi a campo e realizou visitas técnicas a pequenos agricultores e profissionais do setor para poder entender o cenário atual e enxergar as oportunidades de novos produtos e soluções.

Equus

Alunos de Engenharia Mecânica da FEI ao lado do Eqüus

Segundo Enzio Bianchini, membro do grupo, o trator realiza diversas atividades que otimizam o esforço físico do agricultor e chama atenção por uma de suas principais características: esterçamento nas rodas traseiras.

Esse detalhe permite ao trabalhador fazer apenas uma manobra para entrar e sair dos canteiros, passando por uma linha plantada e entrando em outra. Com transmissão hidráulica e construção feita por mangueiras, foi possível também deixar um grande vão na parte inferior do veículo, permitindo que ele passe por cima das plantações sem danificar o cultivo.

Após um ano de desenvolvimento e muito trabalho, os alunos finalmente criaram o protótipo do Eqüus e o colocaram em movimento. Confira o resultado no vídeo abaixo:

Curta nossa página no Facebook

Twitter