10 jan

Premiação dos Alunos Destaque – 2º Semestre 2018

A cada ano letivo, alunos ou formados no ano corrente, são indicados pelas chefias dos departamentos do Centro Universitário FEI para serem homenageados pela Instituição com o “Prêmio Destaques Acadêmicos” pelas competências, atitudes, dedicação em projetos, bem como do mérito das ações desenvolvidas em programas acadêmicos durante o ano.

Começando pelo curso de Administração – campus São Bernardo do Campo, que indicou a aluna ALINE CAVALCANTE BRITO FONSECA, para receber o prêmio. Logo no início do curso, Aline foi diagnosticada com linfoma. Criou um blog para falar da doença e depois de um ano e meio de tratamento, estava curada. Formada com louvor no final do ano, Aline se destacou pela sua determinação e pela iniciativa em ajudar pessoas que passaram e passam pelo mesmo problema enfrentado por ela. O Professor Hong Yuh Ching, coordenador do curso em São Bernardo do Campo entregou o prêmio para a aluna.

Hong Adm

Já a indicada do curso de Administração – campus São Paulo – para receber o prêmio, foi a aluna GRETA SANCHES DA COSTA. A aluna teve um artigo de Iniciação Científica intitulado “Desafios e perspectivas para a consolidação das grandes centrais de reciclagem em parceria com catadores nos municípios de São Bernardo do Campo e São Paulo”, apresentado em um dos simpósios internacionais mais importante do Brasil, o SIMPOI – Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais.

No Departamento de Ciências Sociais e Jurídicas, a indicação foi para as alunas ROBERTA FRABETTI CAMPOS LIMA e JÉSSICA FABIANO DO ROZÁRIO, que se destacam pelo diferenciado desempenho no projeto de ação social “Crianças e adolescentes institucionalizadas: A trajetória do Lar Pequeno Leão”. Ao longo do desenvolvimento do projeto, as alunas identificaram que crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional são tutelada pelo Estado até completarem a maioridade. Porém, não há o desenvolvimento de um trabalho de preparação e acompanhamento, desses adolescentes, para a vida após institucionalização. Sendo assim, propuseram uma ação que objetiva o fortalecimento desses jovens, considerando os aspectos legais, sociais e emocionais, assim como o desenvolvimento de um projeto de vida. Essas alunas mobilizaram outros estudantes que, de forma voluntária, estarão contribuindo no desenvolvimento das atividades práticas propostas. Essa atitude demonstra o envolvimento e o compromisso dessas alunas com a sociedade e o respeito à dignidade do ser humano. O prêmio foi entregue pela vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias, Profª. Drª. Rivana Marino.

0X9A8705

A indicada pela chefia do Departamento de Física foi a aluna BARBARA SILVA MENDONÇA do curso de Engenharia Química. Barbara atuou no Projeto “Cursinho FEI” estendendo as aulas de Física para além do estritamente acadêmico, tendo se tornado uma mentora para vários alunos, orientando-os na escolha da carreira e no planejamento de suas vidas. Além disso, participou da introdução de atividades experimentais como parte das aulas de Física dos alunos do Cursinho, o que contribuiu para a ampliação do horizonte mesmos. O chefe do Departamento de Física, professor Roberto Baginsk, foi quem entregou para a aluna o prêmio.

Baginski

Já o Departamento de Engenharia Civil indicou os alunos da EQUIPE ESTUDANTIL CONCRETO FEI. Composta pelos alunos ANA BEATRIZ ALVES PEREIRA, CAMILA DE ALENCAR E SOUZA, FELIPE EDUARDO OLIVEIRA PINTO, GABRIEL GIACOBINI RAMIRO, GABRIEL PAULINO, GABRIELA PRADO DE OLIVEIRA, GIOVANI FAILE MANCUSO, GUILHERME ANTONIO DOS SANTOS NETO, GUILHERME MELANI DUTRA, GUSTAVO ZERBINATTI AFONSO, LUCAS ANDRADE TREVISAN e NATALIA COLBERT LEAL a equipe participou de todas as competições estudantis realizadas no congresso, conquistando a Primeira Colocação Geral do evento, ganhando assim a Medalha Concreto IBRACON. A equipe também conquistou a primeira colocação nas competições “Aparato de Proteção ao Ovo – APO e Concrebol”. Neste mesmo ano, no mês de março, a equipe Concreto FEI foi pela segunda vez Campeão Mundial do concurso FRC Bowling Ball Competition, competição reconhecida como o mundial estudantil sobre tecnologia do concreto, com equipes das Américas, Europa, Ásia, Oriente Médio e África. O professor Kurt Amann, coordenador do curso de Engenharia Civil e o professor Rui Barbosa de Souza, também da Engenharia Civil, entregaram o certificado aos homenageados.

Kurt - Concreto

Na Engenharia Elétrica o prêmio foi concedido aos alunos GABRIEL DE ALMEIDA SÁ COUTRIN, do curso de Engenharia de Automação e Controle e VINÍCIUS SANTOS BARBOSA, do curso de Engenharia Elétrica. Ambos estão finalizando um projeto de Iniciação Científica que será aplicado para estudo de supressão do tremor de pacientes com a doença de Parkinson. Além disso, os dois foram os que mais se destacaram no desenvolvimento do projeto de controle do braço robótico, que resultou no 2º lugar no desafio que ocorreu durante o CBEB 2018, em outubro, sendo os mesmos o “piloto” e “copiloto” manejando o sistema na competição.

GIOVANNA RIBEIRO GIMENEZ, aluna do curso de Engenharia Elétrica também foi homenageada por ter sido uma das integrantes do grupo de cinco alunas de Engenharia do Centro Universitário FEI que participaram e foram vencedoras do desafio “Siemens Women Experience”, um projeto da multinacional para enaltecer o papel da mulher na engenharia nos dias atuais.

BRUNA CARDOSO PAZ concluiu seu doutorado em Engenharia Elétrica em 2018 e está trabalhando em um projeto de pós-doutorado no Cea-Leti, na França. Durante a graduação na FEI recebeu diversos prêmios de Honra ao Mérito, como melhor aluna do semestre dentre os alunos do curso de Engenharia Elétrica. Recebeu também os prêmios do Instituto de Engenharia e “Prêmio CREA-SP Formação Profissional”. Fez seu mestrado na FEI e teve sua dissertação considerada a melhor do País na área de Microeletrônica, no concurso promovido pelo CEITEC-SBMicro. Ao longo de seu doutorado (2015-2018), publicou como primeira autora 5 artigos em periódicos internacionais e foi coautora de outro artigo no período. Publicou também 8 artigos em congressos de referência na área, como o ESSDERC, o S3S Conference e o EuroSOI-ULIS. Foi Presidente do Capítulo Estudantil do IEEE na FEI, tendo organizado a eventos beneficentes e de doação de sangue, além de plantões de dúvidas para os alunos de graduação.

DAVI ARAUJO DAL FABBRO, doutor em Engenharia Elétrica pela FEI, conquistou o prêmio de melhor dissertação de Mestrado no “XIV Workshop de Visão Computacional (WVC 2018)”, realizado em novembro na cidade de Ilhéus, Bahia. O WVC é um dos mais importantes congressos científicos nacionais sobre Visão Computacional, organizado anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). O Professor Renato Giacomini, coordenador dos cursos de Engenharia Elétrica e de Engenharia de Automação e Controle fez a entrega dos certificados aos premiados. 0X9A8719

O Departamento de Matemática também fez a sua indicação e, MAYARA ALVES ROSA NEVES, estudante do curso de Engenharia Química foi a escolhida. Mayara desenvolveu dois projetos de Iniciação Científica: “Um panorama sobre pesquisas em educação matemática: possibilidades para o ensino de cálculo diferencial e integral” entre agosto de 2016 a julho de 2017 e “Proposta de uma sequência didática para o ensino e aprendizagem do conceito de derivada de função de uma variável real” de setembro de 2017 a agosto de 2018. Ambos os projetos são de grande importância para o Departamento de Matemática, pois desenvolvem abordagens de ensino destinadas ao uso em nossas aulas na FEI. Além disso a aluna Mayara, hoje no sétimo ciclo de Engenharia Química, é uma estudante com desempenho acadêmico diferenciado. Até o momento concluiu 42 disciplinas na FEI sem nenhuma reprovação. A nota média obtida nestas 42 disciplinas foi 8,18. O reitor Fábio do Prado foi convidado para entregar o certificado à aluna.

mayara

Os alunos da Equipe FEI, vencedora do “Desafio Acadêmico em Compósitos SAMPE Brasil”, promovido pela SAMPE – Sociedade para o Avanço de Materiais e Engenharia de Processos, em 2018 foram indicados ao Prêmio pelo Departamento de Engenharia de Materiais. Os alunos homenageados foram: ANDREY SAKAMOTO ANTONELI, BRUNO MATHEUS STEFANO LEITE, GUILHERME BERGARO SAGULA DE ALMEIDA, GUSTAVO VILLANI, ISABELA FERREIRA NUNES, JEFFERSON SILVA PEREIRA DOS SANTOS, LUCAS RINALDI RODRIGUES, PAULO ALCIDORI FILHO, PIERINA ALICE FRACASSO, RENATA CAROLINE MOTA SANTOS E ROBERTO ALVES TAVEIRA JUNIOR. Por ter conquistado o primeiro lugar na competição, a Equipe FEI participará do Desafio Mundial que acontecerá em Charlotte, Estados Unidos, este ano. A Equipe FEI é Tetracampeã deste desafio (edições 2014, 2016, 2017 e 2018).

Equipe FEI - Sakamoto

A chefia do Departamento de Engenharia Mecânica indicou o engenheiro LEONARDO AUGUSTO MASSASHI ITO, formado do curso de Engenharia Mecânica, ênfase Mecânica Automobilística no 1º semestre de 2018. Leonardo liderou o grupo de Trabalho de Conclusão de Curso ReTech – EGR sob a orientação do Prof. Silvio Shizuo Sumioshi. O trabalho destacou-se por propor solução inovadora de dois problemas atuais relacionados à utilização de hidrogênio combustível para motores de combustão interna: a produção termoeconômica e o armazenamento do gás. A qualidade do trabalho e seu impacto na melhoria da eficiência energética e redução das emissões, principalmente de motores a etanol, rendeu o prêmio de melhor trabalho de Conclusão de Curso na 61ª Expo MecAut e a 1ª colocação na categoria Estudantil – Educação de Engenharia no Congresso SAE Brasil, entre 40 trabalhos de todo o Brasil. O homenageado recebeu o certificado das mãos do Professor Silvio Shizuo Sumioshi.

Leonardo Augusto - Ackerman

O Departamento de Engenharia de Produção indicou os alunos que participaram dos primeiros projetos da iniciativa “Projeto Aplicado em Supply Chain Management PA-SCM”, criado em 2017 pelo Professor Mauro Sampaio. BEATRIZ TORRES SILVA, BRENNO TONDATO DE FARIA, CAIQUE FUKUDA PORTERO, GABRIEL LEVY, LOUIS MARIE, JOSEPH CHAMBERT LOIR, LUCAS CEDRONI FAVA, LUCAS RODRIGUES DE OLIVEIRA, RENAN CHAGAS LIMA MUSSI. O PA-SCM é uma experiência baseada em projetos que visa oferecer aos estudantes a oportunidade de participar de um projeto aplicado em Logística, Supply Chain Management e Gestão de Operações, que proporciona uma oportunidade para aplicar conhecimentos adquiridos no curso e testar suas habilidades de resolução de problemas em um caso real sempre com a orientação de um professor. Os alunos envolveram-se com motivação e muito colaboraram para os resultados em andamento e já alcançados nos quatro projetos que são: Análise e desenvolvimento de modelo operacional do sistema de planejamento e controle da produção da empresa DECA metais; Revisão do processo de entrega de produtos no last mile, visando reduzir os custos e exposição a riscos de roubo de carga da empresa B2W; Estudo e simulação de cenários no processo de recebimento do centro de distribuição da empresa CEVA Logistics no complexo da GM em Gravataí, RS; Revisão e modelagem da malha logística para distribuição de papel nos Estados Unidos da América da empresa Suzano Papel e Celulose. Para realizar a entrega do certificado aos homenageados, o Professor Dario Henrique Alliprandini, Coordenador do Curso de Engenharia de Produção e membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Gabriel Levy - Renan Chagas

Graduado em Engenharia Química na FEI em 2016 e, atualmente aluno do mestrado em Engenharia Química, JOSÉ CARLOS DE ANDRADE NETO, foi o indicado pelo Departamento de Engenharia Química. José Carlos obteve excelente desempenho durante a graduação; seu currículo mereceu destaque no desenvolvimento de um projeto de Iniciação Científica no período de fevereiro de 2014 a janeiro de 2015, que levou à publicação de artigo científico, bem como a apresentação de trabalhos em congressos nacionais e internacionais. Também desenvolveu um trabalho brilhante de conclusão de curso que possibilitou a apresentação em congresso internacional realizado em 2017 em Berlin, na Alemanha e o desenvolvimento de um artigo que está em fase final de elaboração e será submetido a um periódico de excelência na área. Todos esses resultados levaram a aprovação de uma bolsa de mestrado também FAPESP com vigência de julho de 2017 a junho de 2019, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Andreia de Araújo Morandim Giannetti cujos pesquisas vêm sendo desenvolvidas de maneira primorosa e resultará na apresentação de diversos trabalhos e artigos. Para premiar o homenageado, o Prof. Fernando Marques Fernandes, membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

0X9A8738

A aluna LETÍCIA DE OLIVEIRA PAULA, indicada pela Chefia do Departamento de Engenharia Têxtil se destacou na realização do trabalho “Análise do conforto de malhas de algodão produzidas com fios de diferentes tecnologias de fiação” que permitiu estabelecer relações técnicas  entre as características intrínsecas das fibras, dos fios e das malhas com os parâmetros de conforto fisiológico das malhas comumente utilizados em artigos de vestuário, produzidos com fios de diferentes tecnologias: Cardado, Penteado, Compactado, Open End, Sirospun e Vortex. O trabalho trouxe uma grande contribuição ao entendimento das propriedades dos fios produzidos pelas novas técnicas de fiação de algodão. Adicionalmente está desenvolvendo, atualmente, em seu Trabalho de Conclusão de Curso um sistema inovador para economia e despoluição de água em operações de beneficiamento têxtil. O Professor Arthur Tamasauskas, membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, entregou o prêmio para a aluna.

Leticia de Oliveira Paula

Formar profissionais inovadores e capazes de quebrar paradigmas. Esse é o objetivo do Centro Universitário FEI para com os seus alunos. Essa é uma forma de reconhecer e apreciar os empenhos e dedicações que cada um deles apresentaram ao longo do segundo semestre de 2018.

Confira abaixo um breve resumo em vídeo do que foi o evento:

17 abr

Equipe Concreto FEI vence competição nos Estados Unidos

Mais um troféu na estante do Departamento de Engenharia Civil da FEI!

Os alunos que integram o projeto Concreto FEI, que já apresentamos a você neste post aqui, venceram a FRC Bowling Ball Competition, realizada em Salt Lake City (EUA). A competição tem como objetivo avaliar o desempenho de uma bola de concreto desenvolvida por alunos de Engenharia Civil. No evento duas categorias foram avaliadas, conforme abaixo:

Bowling Ball Design Category: considerada uma categoria secundária, se refere ao melhor projeto apresentado, considerando a previsão de desempenho da bola de concreto feita pelos estudantes. Aqui a Equipe FEI conquistou o 2º lugar.

Bowling Ball Analysis Category: essa é a categoria principal da competição, onde o desempenho da bola de concreto é testado. Aqui a Equipe FEI conquistou o 1º lugar!

Ao todo participaram 50 instituições de ensino do mundo todo, sendo somente duas do Brasil.

Confira abaixo algumas fotos dos alunos:

Concreto

O Centro Universitário FEI parabeniza seus estudantes por mais esta conquista! É uma honra para a Instituição fazer parte dessa história. Assista o vídeo abaixo e conheça a Equipe Concreto FEI:

Seja um aluno de sucesso também! As inscrições para o Vestibular do Meio do Ano da FEI estão abertas, clique aqui e se inscreva.

20 fev

Recepção de Calouros 2018

                     Novos alunos da FEI são recepcionados em evento especial

Desafio 4

O início de semestre no Centro Universitário FEI é marcado pela tradicional Recepção de Calouros, evento destinado à integração dos novos alunos antes do início efetivo das aulas.

Promover este encontro é fundamental não só para os calouros conhecerem professores e as dependências da Instituição, mas também apresenta o leque de possiblidades que eles têm à disposição além da sala de aula, como por exemplo: o complexo de esportes, a biblioteca com seu grande acervo de livros e publicações, laboratórios e infraestrutura presentes no dia a dia dos cursos. “O nosso objetivo é aproximar os nossos ingressantes para que eles, na maior velocidade possível e no menor tempo, consigam se valer do muito que a FEI tem a oferecer”, explica o Vice-Reitor da FEI, professor doutor Marcelo Pavanello.

desafio 2

Em um campus com aproximadamente 243m², apresentar todo o espaço em apenas uma tarde é uma tarefa difícil, porém, é através de uma gincana interativa que os estudantes realizam o tour se divertindo, aprendendo e conhecendo. Após a abertura e apresentação dos professores de cada curso, equipes são formadas e distribuídas pelo campus, realizando atividades desenvolvidas por cada departamento do Centro Universitário FEI. Enquanto uma equipe se une para desvendar a construção de uma peça do veículo Fórmula FEI, no Laboratório de Mecânica, outra se diverte para descobrir as mimicas dos colegas que trazem elementos da tabela periódica, no Laboratório de Química, ou quais os tipos de tecidos no Laboratório de Malharia, da Engenharia Têxtil. Prova realizada é ponto conquistado. As equipes que terminarem todas os desafios em menos tempo, ganham brindes ao final do evento.

Desafio 3

“Foi bem legal, a gente teve um espaço grande para conhecer o campus e interagir com outros alunos. Eu conheci algumas pessoas do meu curso, que vão estudar comigo e eu já enturmei bastante”, relata Ruy Henrique de Oliveira, calouro de Engenharia.

Uma preocupação comum entre os ingressantes é referente ao trote. E na FEI, a regra é sempre clara: o trote dentro do campus é expressamente proibido. Como forma de reforçar essa ideia, uma ação é realizada e chamada de Trote Solidário, no qual os calouros devem trazer 1kg de alimento para doar na entrada do evento. Toda a arrecadação é revertida às instituições carentes e parcerias à FEI.

Para muitos alunos este início de semestre marca um grande passo e início de um sonho: estudar em uma das melhores instituições de ensino do País. Iago Busque, calouro de Engenharia, conheceu o Centro Universitário FEI durante o evento FEI Portas Abertas, realizado anualmente em maio e que foi fundamental para sua tomada de decisão. “Eu visitei a FEI no Portas Abertas para conhecer e gostei bastante. Por isso agora eu fiz a prova e me matriculei para fazer parte da FEI”, comenta o calouro.

Já para o corpo docente da FEI, este novo ciclo é ainda mais importante e desafiador, pois as primeiras mudanças da Plataforma de Inovação serão aplicadas a esta turma de ingressantes. Para isso, todos os professores foram capacitados e orientados, conforme mostramos na Semana da Qualidade.

Assista a reportagem produzida no vídeo abaixo e veja mais da Recepção de Calouros:

Para conferir todas as fotos do evento, clique aqui.

Até o próximo post 😉

01 dez

Aluno de Engenharia Civil da FEI ganha intercâmbio no Programa Fórmula Santander

Fazer um intercâmbio é o sonho de muitos universitários. Os benefícios pessoais e culturais de passar meses estudando em outro país estão diretamente conectados com a potencialização curricular, aumentando assim a empregabilidade. O resultado de viajar o mundo é uma mente mais conhecedora e dinâmica.

O Centro Universitário FEI tem realizado diversas parcerias que proporcionam aos seus alunos a oportunidade de cursar um semestre (dependendo do caso, até mais) em universidades fora do País. É o caso do Programa Fórmula Santander, organizado pela Santander Universidades, que possui a FEI como uma das 53 instituições de ensino cadastradas.

3

Gustavo Magalhães Terceto, aluno de Engenharia Civil FEI

O objetivo é oferecer 100 bolsas de estudos internacionais para alunos da graduação e pós-graduação. Os candidatos devem se cadastrar a partir de um edital previamente divulgado pela instituição onde estuda, seguindo os critérios de avaliação do Programa.

Em sua 8ª edição, realizada em 10 de novembro de 2017, um dos vencedores foi Gustavo Magalhães Tercete, aluno do 8º ciclo de Engenharia Civil na FEI. O valor da Bolsa? Aproximadamente 5 mil euros para cobrir custos com transporte, hospedagem e alimentação, além de poder escolher entre as 1,2 mil instituições conveniadas ao Programa em 20 diferentes países.

A entrega do prêmio aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde os participantes também puderam conferir o treino livre do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1.

1

O Blog da FEI conversou com o aluno, Gustavo Tercete, sobre toda a premiação e expectativa. Confira:

Como você recebeu a notícia que foi um dos vencedores do Programa Fórmula Santander?

Foi uma notícia muito inesperada devido à grande concorrência para a vaga. Foi uma alegria imensa saber que essa oportunidade surgiu para mim.

Você passará 6 meses estudando fora do País. Já tem o destino definido?

Ainda não, mas estou planejando ir para a Universidad de Alicante, na Espanha. 

Conte-nos um pouco sobre as expectativas de aprendizado neste intercâmbio.

Eu espero aprender muito conhecendo uma cultura diferente! Viver essa experiência ao máximo e aproveitar cada momento.

Na sua opinião, qual a importância da FEI em apoiar esse tipo de iniciativa? O que você mais toma como aprendizado sendo aluno da Instituição?

A FEI tem me apoiado desde o início da faculdade com oportunidades de projetos e pesquisas. Esse apoio foi fundamental, pois pude me dedicar aos estudos de forma integral, o que me propiciou um excelente desempenho acadêmico. Existe uma grande importância nas relações que a FEI estabelece com estes programas de intercâmbio, pois, apesar de ser poucas as oportunidades, ainda atinge alunos de baixa renda que não teriam condições de realizar uma viagem deste porte. 

Qual dica você daria para um aluno que sonha com um intercâmbio estudantil?

Eu diria para ele que se empenhar na faculdade sempre vale a pena. Nós devemos estar preparados para quando a oportunidade aparecer. E nunca perder a esperança, pois novas chances sempre aparecem para aqueles que se preparam. 

1382-2276-formula-santander-_-becas-2017--i-hate-flash__20171123194604445_B07A

O Centro Universitário FEI parabeniza o aluno Gustavo Tercete, pela conquista, e deseja que esse intercâmbio seja extremamente enriquecedor.

Acesse este post e saiba mais sobre os Projetos de Intercâmbio da FEI

Até a próxima 😉

06 nov

Equipe FEI é Campeã Geral no Congresso Brasileiro do Concreto

Alunos da FEI participaram do maior fórum de concreto do País, destacando-se em 1º lugar

Arquivo 07-11-2017 16 02 34_preview

De 31 de outubro a 03 de novembro, aconteceu no Rio Grande do Sul a 59ª edição do Congresso Brasileiro do Concreto, com a participação de diversas faculdades do País, entre elas o Centro Universitário FEI, apresentando seu projeto de pesquisa em concreto, desenvolvido por alunos da Engenharia Civil.

O CBC (Congresso Brasileiro de Concreto) é promovido pelo Ibracon e já se firmou como o maior fórum técnico nacional de debates sobre a tecnologia do concreto e seus sistemas construtivos.

Para participar da competição, a equipe se preparou desde o início do ano, pois as etapas de avaliação se estenderem entre fevereiro e setembro através do envio de projeto, artigos e estudos, finalizando então com o grande evento, onde diversas categorias foram avaliadas.

Confira o resultado completo da FEI em todas as categorias:

Categoria APO – 1º Lugar

Categoria Concrebol – 2º Lugar

Categoria COCAR – 4º Lugar

Categoria Ousadia – 2º Lugar

Categoria Quem Sabe Faz Ao Vivo – 13º Lugar

CAMPEÃO GERAL – Medalha Concreto: Centro Universitário FEI

concreto Blog

Agora, o próximo passo da equipe FEIana vai além das fronteiras: o Ibracon, organizador do evento, financiará a 5 estudantes uma viagem para Las Vegas, para participação no Congresso ACI, que tem como objetivo discutir as principais novidades e tecnologia em estrutura para concreto. Neste evento, a equipe Concreto FEI vai competir no mundial Bowling Ball, um boliche com bola de concreto, podendo trazer à Instituição o troféu mundial.

Para a FEI, é um orgulho construir esta história de sucesso ao lado dos alunos. Parabéns a todos!

Conheça a equipe Concreto FEI

Se inspirou? Inscreva-se para o Vestibular FEI 2018. Clique Aqui!

Vestibular

Curta nossa página no Facebook

Twitter