23 Jun

Inova-FEI traz diversidade de soluções e ideias

Inova Blog

O fim do semestre é marcado por provas, entregas de trabalhos e rotinas severas de estudo. Mas, para alunos que estão concluindo o curso e iniciando a vida profissional como formados, o desafio é ainda maior!

Esse desafio é chamado de Inova-FEI, evento que reúne os Projetos de Conclusão de Curso dos formandos em Engenharia Química, Civil, Automação e Controle, Elétrica, Produção, Têxtil e Ciência da Computação.

Print Blog

Centro Universitário FEI recebe visitantes no InovaFEI – 2017

Essa diversidade de áreas do conhecimento promove um evento eclético cheio de ideias inovadoras e protótipos interessantes, que recebem a visita de ex-alunos, professores, familiares e, em especial, profissionais do setor, que além da visita fazem também a avaliação dos trabalhos.

No fim da noite, os melhores projetos são premiados com troféu e o reconhecimento do corpo docente presente.

Confira os trabalhos vencedores:

  • Ciência da Computação

2º lugar – Sistema Preditivo de Recomendação Baseado em Filtros Colaborativos e Clusterização

Sistema Preditivo em Filtro

Alunos do projeto Sistema Preditivo de Recomendação Baseado em Filtros Colaborativos e Clusterização

Este projeto propõe a previsão mais precisa sobre o comportamento, gostos e preferências, dos usuários na internet cujo espaços publicitários são cada vez mais valorizados de acordo com essa demanda. Sendo assim, a ferramenta promete identificar esses comportamentos com mais precisão, com o objetivo de sinalizar esses espaços valiosos para o mercado.

1º lugar – Serviço de infraestrutura para Controle Parental em Aplicativos Mensageiros

Sicpam

Alunos do projeto Serviço de infraestrutura para Controle Parental em Aplicativos Mensageiros

A utilização da internet trouxe inúmero benefícios para a sociedade, em todos âmbitos, pela velocidade da informação e possibilidade de interação. Porém, um ponto sempre preocupante dessa realidade é a segurança e privacidade, especialmente nos serviços de mensagens. Este trabalho tem como objetivo garantir aos pais a segurança de crianças que utilizam esse serviço, coletando os dados enviados e armazenando-os para uma averiguação de segurança, permitindo assim a identificação de terceiros má intencionados para com menores de idade.

  • Engenharia Civil

1º lugar – Análise Geotécnico-estrutural de Deformações e Esforços em Barragens de Enrocamento com Face de Concreto

Enrocamento

Alunos do projeto Análise Geotécnico-estrutural de Deformações e Esforços em Barragens de Enrocamento com Face de Concreto

O objetivo deste trabalho é efetuar análises de tensões e deformações em Barragens de Enrocamento (um maciço composto por blocos de rocha compactados) com face de concreto (BEFC), através do Método dos Elementos Finitos (ANSYS)

  • Engenharia de Elétrica e Automação e Controle

2º lugar – Sistema de Auxílio para Compras em Varejo

Spezio

Alunos do projeto Sistema de Auxílio para Compras em Varejo

Este trabalho consiste em um sistema de promoção e compra em varejo a partir de dispositivos móveis, permitindo que o usuário realize as compras, acesse promoções e ofertas e dicas em geral

1º lugar – Sistema Inteligente de Gerenciamento de Manutenção Automotiva

Sigma

Alunos do projeto Sistema Inteligente de Gerenciamento de Manutenção Automotiva

Esse criativo e amplo sistema permite que o usuário faça toda a prevenção de seu veículo. O Sigma é composto pelos seguintes módulos de hardware e software:

 – Central Eletrônica modular para o gerenciamento de dados e comunicação;

 – Interfaces modulares e expansíveis para a leitura dos sensores automotivos;

 – Aplicativo de smartphone (Android) para o monitoramento e interpretação dos dados apresentados ao usuário.

  • Engenharia de Produção

2º lugar – Proposta de Custeio de Procedimento Médico Coronário Aplicando Método ABC e Custo Efetividade.

metodo abc 2

Alunas do projeto Proposta de Custeio de Procedimento Médico Coronário Aplicando Método ABC e Custo Efetividade

O objetivo desse trabalho é discutir a gestão de custos do setor de saúde e aplicar o método de custeio ABC, afim de apoiar o gerenciamento dos custos de procedimentos hospitalares, permitindo qualificar as explanações relacionadas com o aumento/redução dos gastos.

1º lugar – Melhoria da Eficiência em uma Linha de Indústria de Autopeças

trabalho

Alunos do Projeto Melhoria da Eficiência em uma Linha de Indústria de Autopeças

Cada vez mais comum no mercado, otimizar os custos e trazer inovações em uma linha de produção é o objetivo de diversas indústrias e empresas. Este trabalho apresenta uma proposta de pequenas mudanças na linha de produção de serviço para atingir esses objetivos, buscando novos caminhos. O estudo foi realizado a partir de uma das maiores empresas de autopeças, onde um problema de produção e distribuição foi identificado.

  • Engenharia Química

2º lugar – Comparação entre os Tratamentos por Esgotamento e Membrana para a Água Ácida Proveniente de Refinaria de Petróleo

trabalho quiimica

Alunos do projeto Comparação entre os Tratamentos por Esgotamento e Membrana para a Água Ácida Proveniente de Refinaria de Petróleo

O objetivo deste trabalho é avaliar e comparar alternativas de processo para o tratamento de águas ácidas das refinarias de petróleo, como Esgotamento (Stripping) e por Membrana. Otimizar custo e gasto energético é uma das principais metas.

1º lugar – Estudo da Extração da Quercetina a partir da Cebola Roxa e seu uso como Conservante Alimentar Natural

Cebola

Alunos do projeto Estudo da Extração da Quercetina a partir da Cebola Roxa e seu uso como Conservante Alimentar Natural

A Quercetina, flavonóide natural que possui propriedades farmacológicas, é encontrada na cebola roxa e este complexo estudo traz orientações sobre a melhor maneira para realizar a extração dessa matéria, como a temperatura ideal, por exemplo.

  • Engenharia Têxtil

2º lugar – Análise do Efeito de Estampas por Sublimação em Malhas de Poliéster

malha

Aluna do projeto Análise do Efeito de Estampas por Sublimação em Malhas de Poliéster

O transfer é um dos procedimentos mais famosos na produção de camisetas em geral. Este trabalho tem como objetivo analisar a influência da variação do número de filamentos nos fios de poliéster de mesmo título, na cor, na solidez à lavagem entre outros pontos, das malhas submetidas a estampa transfer em cores intensas e de grande cobertura.

1º lugar – A Utilização da Impressora 3D na área Têxtil

impressora

Aluno do projeto A Utilização da Impressora 3D na área Têxtil

Com os rápidos avanços tecnológicos, as famosas impressoras 3D já são realidade hoje em muito setores. Este trabalho tem como objetivo realizar um estudo sobre as possibilidades da utilização de uma impressora 3D para a área têxtil.

Nós do Blog da FEI parabenizamos a todos os alunos por toda criatividade, emprenho e, agora, título de profissionais formados pela FEI!

Assista também à reportagem:

 

27 Aug

Alunos da FEI criam projeto que conecta aparelhos eletrodomésticos ao smartphone

Você acorda, pega o seu smartphone e, ainda na cama, programa a cafeteira para preparar o expresso. Ao chegar à cozinha, o café já está pronto. Isso não é um sonho, com a implementação da Internet das Coisas (Internet of Things –  loT) muitos eletrodomésticos poderão ser controlados por aplicativos de celular.

O uso dessa tecnologia já está sendo colocada em prática: um grupo de alunos de Engenharia Elétrica, do Centro Universitário da FEI, acoplou um microcomputador a uma cafeteira, e criou um aplicativo que permite acioná-la pela internet. Os alunos agora buscam patrocínio para envolver outros eletrodomésticos. “Nós conectamos o microcomputador BeagleBone Black a uma cafeteira para permitir que o aparelho tenha acesso à internet. Depois criamos um aplicativo e, através dele, conseguimos enviar comandos à cafeteira”, explica o estudante Erwin William Heisler, integrante do grupo, que ainda tem como idealizadores os alunos Agnaldo Rodrigues de Carvalho e Álick Ceglys Buscariolli.

Inova FEI-46

Os mecanismos do equipamento poderão ser acionados automaticamente através de comandos enviados por um celular conectado à internet.

Por esse aplicativo, o usuário poderá comandar, e até agendar, o funcionamento dos itens de sua casa, como programar a cafeteira e a torradeira para preparar o café da manhã, acionar a máquina de lavar roupa ou aumentar a potência de uma geladeira. Segundo o aluno, a distância não é problema: basta o celular e o aparelho terem acesso à internet.

Os alunos têm a intenção de criar um aplicativo que unificará todos os aparelhos domésticos de uma casa. O projeto foi apresentado em junho, no InovaFEI, exposição que reúne trabalhos de conclusão de curso dos alunos da FEI.

A Internet das Coisas é uma revolução tecnológica que permite ligar objetos e aparelhos do dia a dia à internet com o objetivo de otimizar o cotidiano da sociedade para inúmeras possibilidades. A ideia é que cada vez mais haverá a capacidade de interagir e se conectar com o mundo digital. Acreditando nessa evolução, o Centro Universitário da FEI apoia projetos como este e oferece uma infraestrutura para que os estudantes tenham contato com a área e possam usufruir da oportunidade de criar ideias e gerar inovações.

15 May

Entre os melhores

Pela segunda vez consecutiva, Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações está no topo da lista no ENADE

Em 2004, o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), criou o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), com o objetivo de avaliar o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências. O exame é obrigatório para todos os cursos e a participação dos estudantes é condição indispensável para a colação de grau, após a conclusão da formação acadêmica.

Os alunos do curso de Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações do Centro Universitário da FEI receberam, no ENADE 2011 (cujo resultado foi divulgado em 2012), a segunda maior nota do Brasil, o que demonstra a qualidade e seriedade da Instituição e dos estudantes. O curso já havia ficado entre os melhores do País da última vez em que foi avaliado, em 2008.

Segundo o chefe do Departamento de Engenharia Elétrica, professor doutor Renato Giacomini, os resultados do ENADE têm contribuído para o aumento do interesse pelo curso por parte dos alunos, embora Telecomunicações ainda seja a segunda menor turma dentro da Engenharia Elétrica, que oferece também opções com ênfase nas áreas de Computadores e Eletrônica, além da formação em Engenharia de Automação e Controle. “O excelente resultado que tivemos no ENADE certamente foi a combinação entre o ótimo conteúdo pedagógico oferecido pelo curso e a dedicação e o comprometimento dos alunos com a Instituição e com suas carreiras”, orgulha-se o docente.

O ex-aluno do curso, João Vitor Vieira, que participou do ENADE, conta que o exame teve um nível muito bom, mas, devido ao ótimo preparo que a FEI proporcionou aos formandos, foi possível realizá-lo de forma bastante satisfatória. “O conteúdo abordado em sala de aula foi muito alinhado com o da prova, o que permitiu que o curso ocupasse essa posição de destaque”, acredita. Desde que entrou na FEI, João Vitor Vieira já tinha como objetivo cursar telecomunicações, pois se identificava com a área e sabia que o mercado oferecia boas oportunidades.

“Consegui um estágio quando estava no oitavo semestre e, desde então, estou no mercado”, comemora o jovem engenheiro, que atualmente trabalha na Vivo Telefônica, em Curitiba. O professor Renato Giacomini reforça que o mercado de telecomunicações no Brasil está em franco crescimento, com investimentos importantes para expansão de infraestrutura, e existe uma carência muito grande de profissionais qualificados nessa área. Por isso, é um segmento bastante promissor e os alunos que se formam são quase 100% absorvidos pelas empresas.

_____________

Matéria publicada na revista Domínio FEI – Nº14 (pág 14)

01 Oct

Leitura de imagens

A ferramenta faz a leitura de imagens de tomografia para permitir a reconstrução da área atingida, criando um modelo perfeito para uma eventual prótese, desde que a lesão não tenha afetado terminações nervosas. “Buscamos um resultado estético melhor, já que os métodos tradicionais, como o enxerto de osso, devolvem a funcionalidade, mas não restauram a estética, o que pode levar o indivíduo a se retrair e prejudicar seu convívio social”, explica o professor de graduação e mestrado do Departamento de Engenharia Elétrica da FEI, Paulo Sérgio Rodrigues, integrante do grupo de Inteligência Artificial aplicada à automação. O docente ressalta que o trabalho desenvolvido na FEI refere-se apenas ao software para a criação do modelo e não envolve a criação do protótipo, geralmente produzido em acrílico segundo regulamentação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Software desenvolvido na FEI faz a leitura de imagens de tomografia.

Os estudos ligados à Inteligência Artificial aplicada à área médica na FEI possibilitaram, entre outros, o desenvolvimento de um software cuja finalidade é auxiliar na restauração e modelagem craniofacial, problema que pode atingir vítimas de traumatismos ou de alguns tipos de tumor.

Curta nossa página no Facebook

Twitter