16 Jun

Pioneira na formação para o mercado: Gestão e Tecnologia da Qualidade

Desde 1973, o Centro Universitário da FEI disponibiliza cursos de especialização que vão ao encontro das necessidades do mercado e também das legislações e normas existentes, que visam melhorias contínuas na gestão das empresas. Com a edição inicial da norma ISO 9000 em 1987, seguida de sua edição no Brasil em 1990 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), houve no meio industrial uma grande demanda por gestores de produção e qualidade. A FEI, atenta a essa demanda, desenvolveu o curso Gestão da Qualidade e Produtividade com objetivo de atender a necessidade de aperfeiçoamento desses gestores e demais profissionais.

Iniciado em 1993, hoje o curso denomina-se Gestão e Tecnologia da Qualidade. A criação da especialização Gestão da Qualidade e Produtividade há quase 20 anos foi uma iniciativa pioneira do Departamento de Engenharia de Produção, juntamente com o Instituto de Especialização em Ciências Administrativas e Tecnológicas (IECAT), porque atendeu de forma ampla uma necessidade de aprimoramento profissional na implantação e gestão de sistemas da qualidade eficazes. “Em 1994 foi editada a revisão das normas ISO 9000 e o curso, entre suas várias disciplinas, focou de forma direta a compreensão da norma e como aplicá-la com sucesso”, explica o professor mestre Antonio Borsoi Filho, um dos coordenadores do curso na FEI.

GestaoCom foco no aprofundamento da análise crítica e na aplicação de princípios, métodos e técnicas para a gestão eficaz da qualidade em ambiente sustentável e competitivo, o curso tem duração de três semestres e é dividido em seis módulos. O objetivo é formar profissionais com graduação superior em diferentes áreas e que exerçam funções de natureza gerencial, técnica ou assessoria em organizações industriais ou de prestação de serviços. Para manter a especialização atualizada, a FEI faz avaliações e revisões constantes de conteúdo e metodologia, baseadas na evolução do mercado.

O ex-aluno Newton de Carvalho Meira, supervisor de qualidade da Metalúrgica Mardel, afirma que a qualificação dos professores da FEI, assim como a grade curricular, colaboraram para sua escolha em fazer o curso na Instituição. “A especialização ajudou para minha atualização de conhecimento e a vivência com outros alunos também foi enriquecedora para ampliar o meu aprendizado”, acrescenta.

Informações sobre o curso:

Campus São Paulo – (11) 3274-5200
Envio de currículos para análise – iecatsp@fei.edu.br

Campus São Bernardo do Campo – (11) 4353-2909
Envio de currículos para análise – iecat@fei.edu.br

 

09 Jun

Centro Universitário oferece especialização em Gestão e Tecnologia em Projeto de Produto

A concepção, o desenvolvimento e a comercialização de produtos, em suas mais diversificadas formas, vêm experimentando notáveis alterações nas últimas décadas. O surgimento de novas técnicas de análise computacional, o rearranjo logístico e a necessidade de adaptação às constantes e imprevisíveis mudanças do mercado geram a necessidade de as empresas contratarem profissionais cada vez mais capacitados e atualizados. Essas são algumas das competências ensinadas no curso de pós-graduação Gestão e Tecnologia em Projeto de Produto do Centro Universitário da FEI.

Criada em 2006, a especialização tem por objetivo formar profissionais que possam atuar no desenvolvimento de produtos e, para isso, utilizem ferramentas computacionais e métodos de gestão de projetos em diversas áreas da indústria. O professor doutor William Maluf, coordenador do curso, afirma que a especialização aborda uma área estratégica para qualquer profissional que pretende se manter bem posicionado no mercado de trabalho.

IMG_4055

O coordenador, Profº William Maluf, fala que o principal desafio é elevar cada vez mais a qualidade do curso e torná-lo referência.

Com duração de três semestres, as 16 disciplinas são divididas em módulos interligados e compreendem desde a metodologia de gerenciamento de projetos até questões como logística e aquisição de insumos de produção, gestão da qualidade, engenharia experimental, seleção de materiais e modelagem por meio de ferramentas computacionais.

Com a especialização concluída em dezembro de 2012, o engenheiro sênior na Dunlop Pneus, José Eduardo Romeiro, conta que o curso conseguiu trabalhar todas as esferas necessárias para um bom conhecimento das etapas de projetos, tornando mais fácil a visão macro e permitindo aprofundamento em cada etapa. “Devido às minhas atividades profissionais, voltadas ao desenvolvimento, eu procurava uma especialização que me permitisse desenvolver as proficiências de gestão de projetos, mas que focasse também o lado técnico e prático. Dentre as instituições que pesquisei, a FEI era a única que apresentava um curso que englobava essas características”, reforça o engenheiro, ao afirmar que a especialização transmite embasamento técnico para que os alunos consigam gerir qualquer tipo de projeto.

Informações sobre o cursoCampus São Bernardo do Campo – (11) 4353-2909 Envio de currículos para análise – iecat@fei.edu.br

Inscreva-se! http://bit.ly/1Kn1sDd

04 May

A IMPORTÂNCIA DA PÓS-GRADUAÇÃO

Para desenvolver projetos e pesquisas com mais credibilidade, consistência, técnica e conteúdo, e criar novas metodologias de trabalho a fim de solucionar problemas com eficiência, é preciso aprimorar a competência profissional.

“A educação continuada é essencial”, afirma o doutor em Engenharia de Produção e coordenador do curso de pós-graduação em Estratégias para a Qualidade e Competitividade da FEI, prof. Dr. Wilson de Castro Hilsdorf.  “O mercado de trabalho pede por profissionais atualizados. Dependendo da carreira, é necessário mais do que um curso de especialização”, diz.

Profissionais que possuem cursos de especialização são vistos com bons olhos pelo mercado de trabalho. Sendo assim, o aprimoramento da competência profissional torna-se um diferencial. De acordo com o prof. Marcelo dos Santos de Paula, Diretor da MAHST Engenharia e Sistemas de Gestão e Professor do Curso de Graduação e Pós-graduação do Centro Universitário da FEI, o profissional deve sempre adquirir novos conhecimentos e ampliar seus horizontes. “O profissional com pós-graduação solucionará problemas com maior agilidade e agregará valor aos negócios por aplicar novas tecnologias nos processos e projetos”, esclarece.

Para o prof. Raul Rodrigues, mestre em Metrologia Industrial da FEI, a ausência de profissionais pós-graduados é um problema que afeta diretamente a construção de projetos e pesquisas. “Sem eles, as indústrias não conseguem desenvolver atividades de pesquisas e desenvolvimento capazes de gerar inovação”, relata o professor, que afirma que a inovação nos processos produtivos é fator primordial para a evolução do País.

Sempre preocupada com a qualidade da formação acadêmica, a FEI oferece aos estudantes cursos de pós-graduação.

Pós-graduação Stricto Sensu

Os cursos de Mestrado e Doutorado Stricto Sensu têm por objetivo levar o estudante à fronteira do conhecimento em uma área específica, aumentando a sua competência para tratar de assuntos como: desenvolvimento de projetos e pesquisas, e inovação. Os cursos oferecem aos alunos:

Programas de Doutorado e Mestrado em Administração

Área de concentração: Gestão da Inovação.

Programas de Doutorado e Mestrado em Engenharia Elétrica

Áreas de concentração do Doutorado: Inteligência Artificial Aplicada à Automação; Dispositivos Eletrônicos Integrados; Processamento de Sinais.

Áreas de concentração do Mestrado: Inteligência Artificial Aplicada à Automação; Dispositivos Eletrônicos Integrados.

Programa de Mestrado em Engenharia Mecânica

Áreas de concentração: Materiais e Processos; Produção; Sistemas da Mobilidade.

Pós-graduação Lato Sensu – Especialização

Por intermédio do Instituto de Especialização em Ciências Administrativas e Tecnológicas (IECAT), são oferecidos 28 cursos lato sensu, que têm como público-alvo, profissionais das áreas de tecnologia, negócios e finanças. As aulas são ministradas por professores que se destacam pela vivência profissional e acadêmica. Os cursos são oferecidos nos campi da FEI ou “In Company”. Para mais informações sobre a Instituição, acesse www.fei.edu.br.

28 Nov

FEI abre inscrições para mestrado stricto sensu e 27 cursos de especialização nas áreas de gestão e tecnologia

O Centro Universitário da FEI está com inscrições abertas para 27 cursos de Pós-graduação Lato Sensu nas áreas de tecnologia e gestão e também para os Programas de Mestrado em Administração, Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica.

Os Programas de Mestrado da FEI, aprovados pela CAPES, incorporam a competência em pesquisa e a tradição e a excelência da instituição em formar profissionais altamente qualificados para o mercado de trabalho. Os cursos são projetados tanto para alunos com disponibilidade em tempo integral (com possibilidade de bolsas CAPES, CNPq, FAPESP e Institucional) quanto para os que atuam no mercado.

Os cursos de Especialização Lato Sensu, coordenados pelo IECAT (Instituto de Especialização em Ciências Administrativas e Tecnológicas), são voltados para profissionais das áreas de tecnologia, engenharia, administração, negócios e finanças.

Um dos destaques é o curso de Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação. Criado em 2002, o curso é destinado a graduados em informática e administração e profissionais em áreas não correlatas que exercem ou almejam cargos gerenciais e executivos. O foco é capacitar estes profissionais com uma profunda base de conhecimento de Tecnologia da Informação e sua utilização para gestão e inovação nas organizações. Para isso são discutidas tendências e melhores práticas, como ITIL (Information Technology Infrastructure Library), COBIT (Control Objectives for Information and Related Technology) e Gerência de Projetos (conforme metodologia PMI – Project Management Institute) e com importante ênfase em governança corporativa e da TI.

O conteúdo é desenvolvido com base em estudos de casos reais e tem foco na inovação e gestão de negócios e de pessoas, levando-se em conta a busca da competitividade das empresas com eficácia e sustentabilidade”, adianta o Prof. José Agostinho Baitello, coordenador do curso Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação.

Os cursos são ministrados nos campi São Bernardo e Liberdade/SP. Outras informações podem ser obtidas pelo site da FEI: http://www.fei.edu.br.

Curta nossa página no Facebook

Twitter