20 Sep

FEI na Feira Guia do Estudante 2017

1

Entre os dias 14 e 16 de setembro, no Anhembi (SP), aconteceu mais uma edição da Feira Guia do Estudante, com a participação do Centro Universitário FEI.

Em um estande de 100 m², alunos do ensino médio e visitantes em geral puderam interagir com diversas atividades da Instituição, que apresentaram os cursos de Administração, Ciência da Computação e Engenharia.

Todos que chegavam para conhecer a FEI eram surpreendidos logo de cara com a bela exposição do veículo Fórmula FEI Elétrico, premiado por participar de competições e apresentado ali por alunos responsáveis pelo projeto. Uma ótima maneira de mostrar, na prática, um pouco do curso de Engenharia da FEI e suas ênfases, como Mecânica e Elétrica, por exemplo.

3

Logo ao lado, gritos de comemoração eram ouvidos, vindos da pista de boliche organizada pela equipe Concreto FEI. Sim, uma pista de boliche! Todos ficavam surpresos e interessados em jogar, principalmente quando tomavam conhecimento de que a bola utilizada na partida era feita de concreto. Assim, o curso de Engenharia Civil da FEI brilhava aos olhos dos curiosos, especialmente a cada strike realizado.

6

Como se não bastasse toda essa diversão, a fila maior se concentrava do outro lado do estande, em torno de uma atração especial: o FEI Escape!

Organizado pelos alunos de Ciência da Computação, os visitantes eram trancados dentro de uma sala, munidos de óculos de realidade aumentada para procurarem pistas e “escapar” do local. Tudo isso no tempo de 5 minutos. Todos os participantes tiraram fotos e concorreram à uma mochila personalizada da FEI.

4

No sábado, 16, último dia de evento, a equipe FEI tomou conta da Arena principal da feira, com arquibancada lotada e muito agito no Quiz FEI, desafiando os participantes com perguntas sobre a Instituição.

8

Para todas as atividades acima citadas, brindes como copos e revistas Circuito FEI eram distribuídos aos participantes.

Mais que diversão, o papel da FEI é contribuir para o desenvolvimento educacional nas áreas em que atua, com a excelência e tradição de ensino com mais de 75 anos de história. Assim sendo, durante os três dias de feira, milhares de jovens puderam ter contato com outros alunos da Instituição, professores e funcionários, para conhecerem mais sobre a vida universitária e qual carreira escolher. Para isso, além da orientação, era possível já realizar a pré-inscrição no Vestibular FEI 2018, com o desconto de 50% na taxa de inscrição.

2

O Guia do Estudante, uma das principais publicações do País, na indicação de faculdades e cursos superiores, avaliou a FEI com 51 estrelas em 2017. A publicação chegará às bancas no próximo mês de outubro.

O Centro Universitário FEI agradece a todos que visitaram e contribuíram para o sucesso do nosso estande. Realize o novo você também! As inscrições para o Vestibular FEI 2018 estão abertas!

Até o próximo post 😉

 

03 Aug

5 filmes que todo universitário deve assistir

Lista traz filmes que retratam a vida universitária e seus ensinamentos, em meio à aventuras e desafios.

Sociedade

Um novo semestre chegou e, com ele, é hora de retomar a vida acadêmica. Os alunos veteranos já sabem da rotina universitária que os aguarda, novos desafios e mais um passo rumo à formação. Para os calouros, uma mudança de vida muito significativa bate à porta, afinal, entrar na faculdade traz uma série de fatores: novos colegas, objetivos de vida, descobertas e, para alunos de fora de São Paulo, pode ser até necessário passar a semana morando em República Estudantil, passando a ter também mais reponsabilidades dentro de casa.

Seja veterano ou calouro, para inspirar esse novo ciclo que começa, o Blog da FEI separou uma lista de filmes que trazem inspirações para jovens universitários, com ensinamentos sobre filosofia de vida, empreendedorismo e superação. Confira:

– Uma Mente Brilhante (2001)

Vencedor do Oscar, esse filme foi inspirado na biografia do americano John Nash (interpretado por Russell Crowe), um matemático prolífico e de pensamento não convencional, que conquista um alto sucesso acadêmico com diversos prêmios. Trabalhando para o governo dos Estados Unidos e casado, Nash é diagnosticado com esquizofrenia e passa a sofrer delírios, sendo desafiado a usar o seu lado racional para separar o real do imaginário, para tentar levar uma vida normal.

Mente Brilhante

A Teoria de Tudo (2014)

Este filme é baseado na biografia do famoso astrofísico Stephen Hawking. Na trama, é possível acompanhar o jovem Hawking (interpretado por Eddie Redmayne) em suas descobertas importantes, romances, até o diagnóstico da doença motora degenerativa que mudou sua vida, aos 21 anos. Uma ótima inspiração.

Stephen

– Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Um clássico dos anos 80, com o premiado e, infelizmente, falecido ator Robin Williams, este filme retrata a vida de um professor de poesia, John Keating, na Academia Welton, uma escola preparatória para jovens de valores tradicionais e conservadores. Através de seu talento, Keating inspira e desafia os alunos a questionarem e serem “livres pensadores”, mas, sem perder o bom senso. Com citações da literatura inglês, uma das principais mensagens do filme é o conceito “Carpe Diem”, que significa aproveitar a vida, viver bem. Vale a inspiração!

Sociedade 2

– A Rede Social (2010)

Este filme mostra a origem da rede social mais famosa do mundo: o Facebook. Na trama, Mark Zuckerberg (interpretado por Jesse Elsenberg) cria uma rede social chamada “FaceMash” com o intuito de medir a beleza das alunas da universidade onde estuda, após sua namorada terminar o relacionamento. É interessante ver como Mark foi de vilão a herói, criando o império que conhecemos hoje. Uma ótima lição de persistência e visão de futuro.

A Rede Social

– Legalmente Loira (2001)

Uma boa comédia para fechar a lista, este filme mostra de maneira divertida a história da patricinha Elle Woods (Reese Witherspoon), que é surpreendida pelo namorado com o término do relacionamento, devido à sua futilidade de menina rica. Elle, então, decide estudar Direito em Harvard para provar que é inteligente e tem potencial de superação. Este filme traz uma série de ensinamentos sobre descobertas e crescimento pessoal, vale assistir!

Loira

Dicas anotadas? Então, prepare a pipoca e boa sessão!

06 Jun

Programas de Intercâmbio FEI – Como fazer?

post_intercambio

“Um homem precisa viajar por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto…” – Amyr Klink – Navegador, palestrante e escritor.

Fazer um intercâmbio é garantia de aprendizado e evolução para o campo pessoal e profissional. Passar alguns meses estudando em cidade ou país diferente faz com que você tenha uma bagagem cultural diversificada, conhecendo novas pessoas, hábitos, história e cultura local, ampliando assim a sua visão do mundo.

Os alunos da FEI contam com programas de intercâmbio para diferentes destinos, nacionais e internacionais, podendo enriquecer ainda mais a formação acadêmica. Uma vez matriculado, é importante que o aluno interessado em estudar fora da cidade fique atento às datas para solicitações de cadastro, entrega de documentos, regras para participação do programa etc. Como toda viagem, realizar um intercâmbio requer muito planejamento.

Para melhor orientação sobre os procedimentos, conversamos com Tiago Muzilli, coordenador de Relações Internacionais do Centro Universitário FEI. Confira:

  • Qual a sua dica para o aluno que está chegando na FEI e ainda não conhece os Programas de Intercâmbio?

 O Centro Universitário FEI possui acordos de colaboração com diversas instituições no mundo para a realização de intercâmbios acadêmicos, possibilitando que seus alunos realizem parte da graduação em países como Alemanha, Argentina, Canadá, Chile, Espanha, França e México sem custos adicionais na universidade de destino.

Convidamos a todos os interessados que acessem o site da FEI e conheçam os detalhes sobre o programa de intercâmbio. Também sugerimos que venham conversar conosco pessoalmente para que possam esclarecer eventuais dúvidas sobre o programa. É importante que, ao longo da graduação, os estudantes tentem identificar oportunidades de estudo no exterior compatíveis com seus interesses e com suas expectativas de formação acadêmica e profissional.

  • Quais os pré-requisitos para que o aluno faça o intercâmbio pela FEI?

Para participar do intercâmbio, o estudante deve cumprir com pré-requisitos estabelecidos pela FEI e pelas universidades de destino, como possuir bom desempenho acadêmico e proficiência em idioma estrangeiro. Podem apresentar candidatura todos os estudantes regularmente matriculados e que estejam em dia com as obrigações assumidas no Contrato de Prestação de Serviços Educacionais assinado com a FEI.

 

  • Como ele pode melhor se orientar sobre o melhor destino?

ViagemO processo de escolha do destino é um pouco subjetivo, pois normalmente depende da identificação de cada estudante e do que cada aluno busca com essa experiência internacional. Sugerimos que o candidato consulte os programas oferecidos pelas universidades parceiras e observe aquelas onde há disciplinas na sua área de estudo na FEI, considerando que participantes frequentemente encontram matérias relevantes para a formação em outros cursos correlatos. O estudante poderá selecionar disciplinas de diferentes programas na universidade estrangeira, desde que cumpram com os pré-requisitos dessas matérias. Normalmente o ‘melhor destino’ é aquele país ou instituição onde o participante poderá, de maneira integrada e bem adaptada, desenvolver os projetos de interesse, atender um plano de estudos multidisciplinar ajustado e complementar a formação tradicional, encontrar oportunidades de estágio profissional ou acadêmico, interagir positivamente com estudantes e professores etc.

 

  • Quais as principais vantagens e reconhecimento que o aluno pode ter ao realizar um intercâmbio?

A experiência internacional pode trazer enormes ganhos para a formação técnica e multicultural exigida pelo mercado de trabalho, desenvolvendo competências globais que os auxiliarão na condução das atividades acadêmicas e na empregabilidade em diferentes setores da economia. A oportunidade de estudar disciplinas em ambiente universitário no exterior possibilita que alunos descubram diferentes sistemas de educação, conheçam novas abordagens pedagógicas e novos referenciais de estudos. Permite que alunos trabalhem com eficiência em grupos compostos por estudantes de diferentes culturas e idiomas, com respeito e compreensão a essas diferenças. A formação internacional permite que o estudante desenvolva uma visão mais holística das sociedades e dos grandes temas globais, com um melhor entendimento sobre os diversos cenários nacionais e internacionais e, consequentemente, sobre seu papel como agente social transformador, com alta capacidade técnica aliada à visão humana e ética.

  • O aluno que faz um intercâmbio de um semestre acadêmico continua o mesmo semestre que estava atendendo na FEI, no exterior? Como ele repõe essas aulas no retorno?

Os alunos podem selecionar disciplinas visando a dispensa de matérias ou conteúdo complementar à formação na FEI. Em qualquer dos casos, recomenda-se a busca de orientação acadêmica junto a professores, coordenadores e chefes de departamento.

A inscrição nas disciplinas indicadas dependerá de aprovação da instituição de destino, que avaliará a disponibilidade, grade horária e pré-requisitos existentes. O aproveitamento de estudos é analisado individualmente pelos coordenadores de curso ou tutores acadêmicos – professores indicados, e a situação acadêmica do aluno é regularizada no regresso, mediante apresentação do histórico escolar original da instituição de destino com a relação e ementas das disciplinas cursadas e aprovadas (e qualquer material complementar requisitado para a análise de equivalências). As equivalências são concedidas por conteúdo das matérias e a FEI não garante progressão de ciclo no retorno.

Ficará a cargo do aluno a responsabilidade de completar a sua formação no que diz respeito às matérias não dispensadas do programa da FEI, embora haja a recomendação de que o aluno atenda no exterior disciplinas específicas, contextualizadas, complementares a formação do aluno e que não seriam cursadas no Centro Universitário da FEI.

Caso o estudante esteja matriculado no último ciclo (formando) no momento do início da viagem ao exterior, não poderá obter dispensa completa de ciclo por aproveitamento de estudos, devendo, portanto, atender parte das disciplinas do programa da FEI ao retornar para a instituição.

Todas as matérias cursadas no exterior constarão no histórico da FEI como disciplinas extracurriculares cursadas no exterior.

como-funciona-o-intercambio

Para mais informações sobre os Programas de Intercâmbio da FEI, acesse:

http://portal.fei.edu.br/pt-BR/ensino/relacoesInternacionais/programas_internacionais/Paginas/intercambio.aspx

Contato:

Coordenadoria de Relações Internacionais

E-mail: internacional@fei.edu.br

Telefone: 4353-2900 ramal 2234

05 Jun

Dicas para o Vestibular do Meio do Ano

O Vestibular do Meio do Ano da FEI está chegando e muitos candidatos se preparam para os dois dias de provas, 10 e 11 de junho. Rotinas de estudo, simulados, cursos preparatórios e estudos em grupo fazem parte da realidade dos jovens durante o ano todo, se intensificando nos dias que antecedem o exame.

Para garantir tranquilidade e bom rendimento, nós do Blog da FEI listamos algumas dicas que vão te ajudar a manter o foco durante a prova, concentrando-se melhor em todo o conteúdo estudado. Confira:

2863792011_2faaca0d5a

Uma boa noite de sono – Durma cedo no dia anterior à prova e tome um banho ao acordar para despertar. Se alimentar é importante, então tome um bom café da manhã, mas nada pesado que te deixe com sono novamente. O ideal é dormir cerca de 8 horas.

alarm-clock-155187_960_720

Chegue com antecedência – Programe-se! Imprevistos acontecem e chegar com antecedência nunca é um ponto negativo. Em dias de Vestibular, é comum o trânsito ao redor da Instituição ficar mais intenso, portanto, saia mais cedo. Lembre-se que você deve conferir em que sala realizará a prova e para isso é preciso tempo.

395px- Korean_Traffic_sign_(Follow_Directions).svg

Para chegar ao local da prova – Muitos vestibulandos moram em outras cidades, então cheque o local da sua prova e descubra como chegar lá e quanto tempo você levará. A FEI disponibiliza em seu site, rotas e informações sobre transporte coletivo para os dois campi, além de mapas com instruções.

back-to-school-953250_960_720

Não esqueça seus documentos e materiais – Lembre-se que os candidatos podem levar apenas lápis, caneta e borracha. A apresentação do RG e do comprovante de inscrição é obrigatória para confirmar que você fez a sua inscrição.

7-Healthy-late-night-snacks-that-will-NOT-undo-it-allO que comer e o que vestir – O período máximo para realização da prova nos dois dias é de até 4 horas, então os candidatos são autorizados a levar lanchinhos rápidos. A nossa dica é que prefira lanches leves e não esqueça sua garrafinha de água. Além disso, conforto é importante, então vista roupas adequadas para o clima do dia.

Acima de tudo, confie em você mesmo! Desejamos a todos uma boa prova 🙂

05 Jun

Pós-Graduação e empregabilidade

Screenshot_1

O que é empregabilidade? A resposta para essa pergunta é simples, mas revela também um longo caminho a ser seguido. A empregabilidade está relacionada com o interesse que as empresas possuem em contratar e/ou manter um profissional em sua equipe. Quanto maior for a sua bagagem pessoal e profissional, com ótimas referências no mercado, mais você será visto e os empregadores terão interesse em te contratar.

Falando sobre o mercado trabalho, dizer que ele está em constante mudança já não é mais novidade, afinal, vivemos essa realidade há algum tempo. Bastam poucos anos para que as tecnologias sejam reinventadas, hábitos de consumo e comportamento sejam mudados.

Diante de tal cenário, cada profissional deve avaliar e, também, manter sua empregabilidade em constante mudança, apostando em qualificação e evolução. É preciso ser notado no mercado de trabalho.

De acordo com uma pesquisa realizada pela PayScale, empresa americana especializada em pesquisas de perfis salariais, cursar uma pós-graduação aumenta a empregabilidade para profissionais de diferentes áreas.

Para isso, se planejar e investir em cursos de especialização é um passo essencial para se manter atualizado (a). Seja recém-formado (a) ou com anos de experiência, estamos na era do conhecimento e simplesmente não há motivos para encerrar os estudos.

O Prof. Dr. Wilson de Castro Hilsdorf, coordenador do curso de pós-graduação em Estratégias para a Qualidade e Competitividade da FEI, comenta: “O mercado de trabalho pede por profissionais atualizados. Dependendo da carreira, é necessário mais do que um curso de especialização”.

Os benefícios ao cursar uma pós-graduação são incontáveis, como, por exemplo: redirecionar a carreira, podendo atuar em áreas mais específicas ou até mesmo despertar o espírito empreendedor, alterações de cargos e salários, visão ampla de negócios e gestão de pessoas e empresas.

Screenshot_3

Para garantir todos esses fatores, é fundamental escolher uma instituição renomada para cursar a pós-graduação. É importante que a instituição esteja sempre atenta às expectativas e, principalmente, mudanças constantes do mercado.

A FEI está com inscrições abertas para diversos cursos de especialização e MBA, com a tradição e excelência no ensino que você conhece. Acesse o site, conheça e inscreva-se! Os cursos são oferecidos nos campi de São Bernardo do Campo e São Paulo a candidatos individuais e também podem ser oferecidos para grupos fechados. Invista em sua carreira!

Para mais informações:

Campus São Paulo – (11) 3274-5200
Envio de currículos para análise – iecatsp@fei.edu.br

Campus São Bernardo do Campo – (11) 4353-2909
Envio de currículos para análise – iecat@fei.edu.br

Curta nossa página no Facebook

Twitter